O mundo cão das vespas parasitóides

Para matar a saudade de posts biológicos e das vespas que tanto gosto, uma imersão de parasitas. Quando uma lagarta Zygaena sp. é infectada por vespas braconídeas, ao invés de empuparem e emergirem como uma mariposa diurna bem colorida, ela continua comendo e...
Parasite Rex com nova edição

Parasite Rex com nova edição

Em março deste ano, o Carl Zimmer lançou uma nova edição de um dos livros que mais me influenciou, o Parasite Rex, com um novo epílogo. Para promover o livro, ele prometeu enviar uma book plate (não sei como traduzir o termo) autografada para quem enviasse uma foto do...

A biologia do Spam

Um dos fenômenos que acho mais interessantes na biologia é a recorrência. É impressionante como um mesmo padrão pode se repetir em situações bastante diferentes que seguem o mesmo princípio. Entre eles está o Spam. Não importa se estamos falando do e-mail, do Twitter,...

Associações: a flor e o cheiro

Ainda na linha de plantas parasitas. Fonte: Wikimedia. Já ouviu falar da maior flor do mundo, a Rafflesia? Rafflesia é o nome de um gênero de plantas parasitas próximas do maracujá, que além da flor não possuem nada de plantas. Sem folhas, caules ou raiz, crescem...

Parasitoides em ação, aranhas sob comando

Sabendo da minha predileção por vespas parasitóides, a Luciana Fernandes do INCT Hympar (Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia dos Hymenoptera Parasitóides da Região Sudeste Brasileira [ufa!]) me mandou este vídeo recém produzido pelo instituto. Trata-se de...

Uma planta que cheira sua presa

Ok, acho que exagerei na ilustração. Para falar de plantas, que semrpe deixo de lado por aqui, mas sem deixar de falar de parasitas, conheçam a Cuscuta. Também chamada de fios de ovos ou barba de bode (pelo menos pela minha avó), esta planta não parace uma planta. Não...