Fidelidade em quem?

A sustentabilidade, assim como o consumo sustentável é mantida por três pernas: o respeito aos limites ambientais; a justiça social; e a viabilidade político-econômica. Sem uma dessas pernas, o sistema cai, deixa de existir ou funcionar.
Uma cidade sustentável deve portanto respeitar o meio ambiente, as pessoas, a economia e a política. Pois bem, chegamos onde eu queria. Esse final de semana descobri uma coisa fantástica – o bilhete fidelidade para metrô e trem. A conversa começou assim:
Hoje começou um tal aumento no valor das passagens para transportes públicos aqui na cidade de São Paulo. O trem e o metrô sofreram reajustes e passaram de R$ 2,40 para R$ 2,55. Mas, o bilhete fidelidade será comercializado a partir de hoje! Com ele, podemos comprar 8, 20 ou 50 viagens e a tarifa fica menor quanto mais crédito se coloca no tal cartão. Por exemplo, o cartão de 50 viagens custa R$ 112,50 o que dá, por passagem, um desconto de R$ 0,30. Isso mesmo. A passagem que a semana passada custava R$ 2,40 e hoje custa R$ 2,55 pelo cartão fidelidade sai por R$ 2,25. Demais, não? Respeito à população e aos usuários das linhas, certo?

Errado!

Hoje fui pegar o trem como todos os dias. Só, que invés de usar meu bilhete único, fui até a bilheteria saber sobre o cartão fidelidade! Afinal, sou mesmo muito fiel ao trem, e pego o dito cujo todo dia pra ir e voltar do trabalho. 
Fui informada que o cartão fidelidade pode ser comprado e recarregado apenas na estação Barra Funda. Uma vergonha! Uma cidade do tamanho de São Paulo, com a quantidade imensa de usuários das linhas dos trens e metrôs e APENAS UM ponto de venda? 
Como cobrar das pessoas uma postura sustentável se a cidade onde elas moram não as respeitam? Como exigir das pessoas uma consciência ambiental e comunitária e o governo sacaneia com ela todos os dias? Poxa vida! Essas coisas me deixam muito revoltada!
Saiba mais aqui:
Notícias UOL
G1

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Discussão - 12 comentários

  1. thiago venzke martins disse:

    na verdade deveria ser um cartaõ so para todos os onibus trens e metros dos estados eu acho que quando foi criado o bilhete unico ja deveria aceitar em todos os estados por exemplo para mim andar nos onibus municipais de osasco eu tenho que usar o cartão bem no trem e no metro ate aceita o bilhete unico mais não tem imtegração com os onibus muincipais de são paulo e ate 2011 ainda o meu bilhete unico vale nos onibus municipais de são paulo a sptrans nos trens e nos metros agora es to trabalhando mais quando vencer ai eu tenho que pagar a passagem e voltando ao assunto que dizer se eu pegar os intermunicipais da emtu eu tenho que usar o cartão bom que dizer dependendo do onibus daque la empresa do seu municipio tem que usar um tipo de cartão tem usuario as vezes que ate confudi isso deveria era valer um cartão para todos mesmo

  2. Bom… eu tentei comprar e não consegui.
    Espero que eles tenham ampliado a distribuição dos cartões! Vou ficar de fato muito feliz se isso acontecer : )

  3. Batche disse:

    me informei pelo telefone 0800 77 07722 (atendimento do metro) e a atendente me disse que é possível comprar esses cartões fidelidade em qualquer posto do bilhete único com pagamento em dinheiro mas estão implantando o cartão VISA também.

  4. Ma disse:

    Não utilizo trem, apenas metrô e ônibus intermunicipal.
    Sinto falta de um bilhete único que me faça pagar menos, pois no intermunicipal, a caminho de guarulhos, o bilhete não é aceito…
    Concordo contigo! É um desrespeito!

  5. ClaraBeauty disse:

    Exatamente isso!
    Na época, o Alckmin era o governador e o argumento era de que o bilhete “realmente único” seria “mais fácil” de ser conseguido se a população elegesse o prefeito do mesmo partido que o governador. (Te juro que isso foi dito textualmente).
    Aí o Serra ganha e a promessa fica pela metade. “Adoro” isso. E “adoro” ainda mais a população se contentando, usando o argumento de “pelo menos estou pagando menos que antes”.
    .
    .
    .
    Enfim, vou parar por aqui.
    (mudando de assunto, vou começar hoje minha segunda faculdade: Biologia.
    Fazia tempo que eu estava para fazê-la e vocês – vc e o Carlos – terminaram sendo a “desculpa” que faltavam.
    (conheci vocês na ida à agência sustentável do Banco Real, lembra?))

  6. Eu não sabia do “acordo”. Na época não morava em São Paulo e tinha preocupação com outros alguéns…
    Mas fato é que isso só aumenta a minha indignação. Já que agora “dá” pra fazer uma tarifa a R$2,25 porque não fazer isso junto com o governo municipal? Não é o atual prefeito apoiado pelo atual governador ou pelo menos não foi durante as eleições?
    Porque não integrar, raios!

  7. ClaraBeauty disse:

    O problema, no caso, foi que a bandeira do bilhete único (como funciona no caso do uso exclusivo dos ônibus) foi levantada pelos dois candidatos, na época, Marta e Serra.
    Só que, ao assumir, o Serra não cumpriu. Falou que os estudos feitos nesse sentido concluiram que “não dava”. (Ahnran. Na época das eleições dava, depois das eleições não dava? Sei.)
    Melhorou? Claro que sim, a população está mesmo pagando menos. Só que venderam gato por lebre. Ambos os bichos matam fome, mas se você pagou por lebre por que tem que se contentar com gato?
    Achei um puta desrespeito e olhe que nem sou dependente de bilhete único.

  8. Bom… eu não posso falar sobre um serviço que eu não uso (que é o caso metrô + ônibus), mas, considerando que antes se pagava uma tarifa inteira de metrô e uma tarifa inteira de ônibus e agora paga-se metade do segundo transporte que se pegue, independentemente de qual, acho que o sistema trouxe melhoras.
    Veja bem, não estou dizendo que foram as melhoras dos meus sonhos, mas considerando que houve uma melhora, acho bom ressaltar. (Ainda mais que fazer acordos entre estado – que cuida do sistema de metrô e trem – e município – que cuida do sistema ônibus – nunca é simples. Ainda mais quando estamos tratando de partidos políticos diferentes).
    Agora, que somos desrespeitados cada dia mais um pouquinho, isso é fato. E de pouquinho em pouquinho, quando vemos, o barco já afundou…

  9. ClaraBeauty disse:

    Apoiada, Paula.
    Já basta a farsa do bilhete único, que no que diz respeito a metrô + ônibus não tem nada de único.
    São pequenos desrespeitos diários com o cidadão e a gente vai engolindo todos!

  10. Então…
    Esse site que vc mencionou é de 2007. Isso pra mim só pode significar uma coisa: estão reaproveitando um projeto. Não deve ter dado muito certo da primeira vez, então aproveitaram o aumento para falar sobre isso de novo.
    O que é bem esperto, em termos de estratégia política. Falam sobre ele mostrando que é possível pagar até menos do que se pagava antes, ninguém consegue comprar e logo é esquecido.
    Sinto saudades dos cartões múltiplos também.
    Agora, sobre a recarga do bilhete normal, acho que é um esquema cartão do município versus cartão do Estado. É necessário lembrar que o bilhete único foi um projeto da Marta Suplicy (PT) e é extremamente fantástico pois integra transporte coletivo administrado pelo município com transporte coletivo administrado pelo Estado. O cartão fidelidade do governo do Estado de SP exclui os transportes da administradora municipal. Sendo assim, nada de integração.
    O cartão fidelidade é fidelidade a um único sistema de transporte (pelo que eu pude perceber).
    Acho, sinceramente, que estamos assistindo à tucanagem do bilhete único.

  11. vitor disse:

    Estranho.
    Dei uma pesquisada rápida no site do Metrô e vi que eles listam um monte de pontos de venda do tal fidelidade: http://www.metro.sp.gov.br/aplicacoes/news/tenoticiasview.asp?id=65654547AA&categoria=6540CF&idioma=PO&secao=ACONTECENDO
    Há uns dez anos atrás, eu lembro que os cartões múltiplos também tinham descontos, mas depois acabaram com isso. Agora, finalmente, voltam.
    Mas voltam duma forma tosca.
    A única certeza que tenho até agora é que o Secretaria de Transportes do Serra não sabe se comunicar.
    Dúvida básica que eu não vi respondida em lugar nenhum: como ficam as “20 viagens”, por exemplo, se eu usar alguma integração?
    E porra, essa ‘fidelidade’ não poderia funcionar com recargas no meu bilhete normal?
    Para ter certeza das dúvidas, só testando.
    E para pensar por que não fazem essas coisas duma forma mais clara e simples, temos os momentos de espera nos coletivos.
    Enfim… amanhã vou tentar comprar um desse fidelidade.

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM