Bicarbonato de sódio NÃO cura o câncer


Atualização 08/07/09: Leia depois o post sobre o trabalho que comprova a eficácia do bicarbonato contra metástase. Mas nada de cura ainda, e muito menos de fungos.


Mais uma cura para o câncer foi achada!
Agora é o bicarbonato de sódio. Simples e barato. O sonho de qualquer doente. Por isso mesmo devemos desconfiar. É o tradicional “quando a esmola é demais o santo desconfia”.
O médico Tullio Simoncini chama atenção pela simplicidade do tratamento que criou.
Segue aqui um trecho do spam que flutua pela internet:

“O médico observou que todo paciente de câncer tem aftas. Isso já era sabido da comunidade médica, mas sempre foi tratada como uma infecção oportunista por fungos – Candida albicans.
Esse médico achou muito estranho que todos os tipo de câncer tivessem essa característica, ou seja, vários são os tipos de tumores mas têm em comum o aparecimento das famosas aftas no paciente.
Então, pode estar ocorrendo o contrário – pensou ele. A causa do câncer pode ser o fungo. E, para tratar esse fungo, usa-se o medicamento mais simples que a humanidade conhece: bicarbonato de sódio.
Assim ele começou a tratar seus pacientes com bicarbonado de sódio, não apenas ingerível, mas metodicamente controlado sobre os tumores.
Resultados surpreendentes começaram a acontecer. Tumores de pulmão, próstata e intestino desapareciam como num passe de mágica, junto com as Aftas. Desta forma, muitíssimos pacientes de câncer foram curados e hoje comprovam com seus exames os resultados altamente positivos do tratamento.”


O fungo causando o câncer. Alias, TODOS os tipos de câncer.
Bom, seria simples verificar pelo menos a presença do fungo ou de seus produtos nos tumores. Não sei se alguém já fez isto, mas é algo que o médico que propõem o tratamento deve ter feito. Deve ter feito testes em ratos e camundongos. Deve ter identificado como o fungo causa mutação no DNA das células do tecido atacado.
Não, nada disso foi feito. Mesmo em seu site o médico, que pelo que pude averiguar não é mais médico pois teve seu registro cassado, não realizou nenhum estudo minimamente cuidadoso. Não testou em animais, não tem uma lista confiável para acompanhamento de pacientes tratados, ou seja, ele e seu tratamento vivem à margem da medicina.
O pior de tudo é que ele nega veementemente o fato do câncer ser uma doença ligada ao DNA, sendo que sabemos hoje que esta é a base de sua origem. Não existe mistério nenhum aqui, como Simoncini afirma existir. Uma prova simples é a síndrome Li-Fraumeni, que faz a pessoa ter câncer muito mais cedo que a maioria da população por possuir uma cópia (alelo) a menos de um gene importante na regulação da célula. Os filhos de pessoas com a síndrome também têm maior chance de desenvolver câncer prematuramente. Isso prova que o câncer é sim ligado à genética.
Mortes pelo tratamento
Encontrei aqui neste site acusações mais sérias, dizendo até que uma pessoa tratada por este médico na Holanda morreu em decorrência ao tratamento.
E fechando com chave de ouro, veja se um médico que se diz injustiçado e busca reconhecimento pela seriedade deveria colocar em sua página fatos como este no seu perfil: “Quando estudante no colegial e na faculdade, suas habilidades musicais o levaram a formar bandas que fizeram shows pelo centro da Itália”.
Bandas? Ah… que bom. Informação muito pertinente.
Gostou desse texto? Siga-me no twitter @Rafael_RNAm e clique aqui para assinar nosso Feed/RSS e receber conteúdo novo em primeira mão!

Atualização 08/07/09: Leia depois o post sobre o trabalho que comprova a eficácia do bicarbonato contra metástase. Mas nada de cura ainda, e muito menos de fungos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Discussão - 635 comentários

  1. João Carlos disse:

    “Todo problema complexo tem uma resposta simples, elegante e errada…” (Não sei quem me plagiou antes de eu mesmo ter formulado esse pensamento).

  2. Marina disse:

    agora entendi a piada…
    to sempre atrasada… droga…

  3. arlindo disconzi (médico) disse:

    Toda novidade sempre é ridicularizada. depois aceita universalmente, assim aconteceu com o mosquito da dengue e febre amarela no RJ. Vi o video do colega italiano, devemos estudar mais os resultados (alguns impressionantes) antes de ridiculariza-lo. Emitir opinião após ter conhecimento profundo!

  4. arlindo disconzi (médico) disse:

    Toda novidade sempre é ridicularizada. depois aceita universalmente, assim aconteceu com o mosquito da dengue e febre amarela no RJ. Vi o video do colega italiano, devemos estudar mais os resultados (alguns impressionantes) antes de ridiculariza-lo. Emitir opinião após ter conhecimento profundo!

  5. arlindo disconzi (médico) disse:

    Toda novidade sempre é ridicularizada. depois aceita universalmente, assim aconteceu com o mosquito da dengue e febre amarela no RJ. Vi o video do colega italiano, devemos estudar mais os resultados (alguns impressionantes) antes de ridiculariza-lo. Emitir opinião após ter conhecimento profundo!

  6. Rafael [RNAm] disse:

    e como eu provo pra vc q eu temos conhecimento aprofundado sobre câncer e estamos de acordo com a maioria esmagadora de dados, e fatos sobre o assunto? O dr. italiano ae é q tem q provar o lado dele.

  7. Gabriel disse:

    Querido Arlindo, “resultados impressionantes” teriam necessariamente que estar registrados em alguma publicação ou periódico científico.
    Se você se interessar, posso te passar dezenas, centenas, de sites que mostram “resultados impressionantes” no tratamento de diversas doenças.
    Como pesquisadores que eu e o Rafael (dono deste espaço) somos, temos por obrigação o ceticismo até que se prove o contrário.
    Tudo bem que em vários casos somos chamados de “chatos”, “estraga-prazeres”, “mal-comido” ou qualquer outra coisa, mas essa vertente do nosso comportamento (ou seja, a crítica e análise ininterrupta de “dados” que nos são apresentados) é um quesito obrigatório para a nossa boa formação na Ciência.
    Mas, em alguns casos, quando não há um mínimo de compromisso com o padrão exigido para se fazer qualquer comunicação científica (o mínimo aceito é uma apresentação em algum congresso de relevância mínima), não temos a menor inclinação a aceitar qualquer dado apresentado.
    E é exatamente isso que essas dezenas, centenas de sites que falei anteriormente (incluindo o Dr. citado no post), fazem. Desse modo, não, não aceitaremos esse tipo de anúncio.
    Quer fazer sua pesquisa ser observada com um mínimo de atenção ou respeito? PUBLIQUE.
    Todos os maiores cientistas da atualidade são obrigados a publicar mais e mais, para manterem seu status de “referência” em suas respectivas áreas.
    Publicações essas, de extremo rigor e método científicos, que passam por um sem-número de avaliações até que o periódico que recebeu a publicação dê o OK e aceite o trabalho.
    O que esses “médicos” que anunciam curas na internet acham que têm de especial?
    Pense nisso.
    Até mais :)

  8. Rafael [RNAm] disse:

    Faço minhas suas palavras, Gabriel.
    Obrigado

  9. Helena disse:

    …Então, não é de hoje que ouvimos dizer que a medicina de modo geral não se ocupa (e não aceita) em encrontrar tratamentos baratos ou acessiveis para qualquer doença, iclusive os “chás” de nossas sábias avós cairam em desuso por influenica médica, o médico homeopata diz que camomila tem efeito calmante, o tradicional ri do tratamento natural. O ceticismo em muitos casos tem se mostrado eficiente, nao podemos sair por ai acreditando em tudo, concordo. Acontece q milhares de pessoas morrem sem acesso a qualquer tratamento clinico, o q resta a elas senão acreditar q bicarbonato cura? Acredito q existam muito mais interesses comerciais entre as doenças e a medicina do que sonha nosso tão desamparado e esquecido povo.

  10. luis disse:

    …a boa resposta….refería-me ao médico arlindo disconzi….e volto a repetir:
    ….Amigo arlindo:
    boa resposta!….Inteligente e demolidora dos “farmacêuticos”….incondicionais….e Burros!!!…
    que ou funcionam só por estereótipos ou só por interesses….O panorama da Saúde nos Países ditos “desenvolvidos”…está aí….Basta ler os alertas da O.M.S. (mesmo assim muito tímidos…)
    Um abraço
    luis josé
    Naturólogo-Medicina Ortomolecular e Macrobiótica

  11. Débora Alves Fernandes disse:

    Concordo com vc Helena.. Tratamentos baratos não são mais aceitos pela comunidade médica.. E a gente sabe do que acontece por trás dos panos, qdo sai um remédio novo.. As porcentagens que vários médicos recebem para receitá-lo.. Qto mais caro o tratamento, melhor.. E enquanto os EUA não aprovarem esse tratamento, esses brasileiros sem cultura, tbm não vão aprovar.. Agora, vcs dizem neste post que morreu um paciente e decorrência deste tratamento, mas quase todos morrem em decorrência da quimioterapia tbm, que destrói o paciente e é o único tratamento que os médicos receitam nos dias de hoje no Brasil.. Não descobrem a cura desse maldito cancer, e não mudam os rumos das pesquisas.. Não sei, mas acho válido acreditar que há uma outra saída, senão a quimioterapia, pois é muito triste ver como o paciente sofre e piora a cada dia.. Nunca sara, sempre volta em outro lugar até a pessoa cansar de lutar e falecer…

  12. Débora Alves Fernandes disse:

    E essa sua declaração como título do post, deve ser revista.. é complicado dizer que não cura, tendo em vista que vc não fez estudos para comprovar..
    E como vc explica as imagens que o médico mostra na entrevista??

  13. J. GUILHERME CUNHA disse:

    Não sou medico nem da area medica mas sou um observador e critico e quero lembrar que sabemos que substancias quimicas contaminantes adicionadas à agua levam a mutações geneticas e cancer como foi registrado nos Estados Unidos quado uma multinacional da area de quimica teve que pagar indenizações aos habitantes de uma cidade, todos vitimados pelo produto lançado na natureza por esta empresa contaminando o lençol freatico que abastecia a cidade,tendo o assunto amplamente divulgado e sendo alvo de filme que pode ser encontrado nas locadoras etc. Quero dizer que o fato de haver uma mutação genetica não invalida a teoria de a causa desta poderia ser a presença do fungo ou que o produto quimico possa ter estimulado a multiplicação do fungo. A pesquisa cientifica tem pela frente um longo caminho antes que haja um conhecimento completo do assunto mas acredito que este possa ser o fio da meada de um assunto em que a medicina não tem uma resposta efetiva e segura para oferecer além de observações, tratamentos e experiencias que felizmente, ainda assim tem salvado milhões vidas mas também tem tem levado à morte muitas outras

  14. Rafael [RNAm] disse:

    Guilherme, obrigado pela contribuição educada. Coisa rara nesse tipo de tema, como vc pode ter percebido nos outros comentários.
    As origens do câncer não são um mistério como muitos pensam. O câncer é uma doença com base no dano ao DNA. Claro que muitas coisas podem fazer isto, como químicos, cigarro, luz ultravioleta, radiações diversas, vírus e talvez até fungos sim. Mas não exclusivamente fungos.
    O problema é que danificado o DNA, o agente causador perde sua função, e combate-lo é inútil para se controlar um tumor já em desenvolvimento.
    Uma das criticas a este tratamento com bicarbonato é que ele trataria uma das causas de mutações, que seria o fungo, mas em tumores já estabelecidos. Coisa que não faz sentido.
    Para se afirmar isto deveriam ser feitos estudos completos, mas a idéia na teoria já é absurda e contraria anos de dados bem testados.
    A obrigação de fazer os estudos é do médico que a propõe. Até lá, sejamos céticos.

  15. Francesco Iudici Neto disse:

    Minha singela opinião: Concordo que toda tese deverá ser provada seguindo os rigores científicos, avaliando-se todas as variáveis possíveis frente a grupos controles, principalmente quando o assunto é saúde humana e procedimentos ligados a ela.
    Destarte, o médico italiano atropelou todas as etapas possíveis para se chegar a conclusões tão veementes. Logicamente, no passado, muitas descobertas científicas partiram do acaso, tal como aquela que culminou na descoberta da penicilina por Fleming. A observação de que um fungo contaminante de determinado meio de cultura era capaz de inibir o crescimento bacteriano, promoveu uma das mais importantes descobertas da medicina. Obviamente, até a penicilina ser utilizada tal como é hoje, muitos estudos foram realizados.
    Em medicina, os estudos de casos são muito freqüentes. Mas existem limites para tanto. A afirmação categórica de que este ou aquele procedimento é a solução para diagnóstico ou tratamento de determinadas doenças vai além da simples observação médica. É uma tarefa multidisciplinar, sendo necessária também a estatística, sem a qual os dados não poderão ser validados.
    Somente para complementar, tive a curiosidade de consultar no Pubmed (medline) o possível autor Simoncini T (Tullio Simoncini). Não encontrei nenhuma publicação científica vinculada ao médico italiano em questão. Somente ao pesquisador Tommaso Simoncini que, diga-se de passagem, tem diversos artigos publicados na área.
    Assim, resta dizer que, se as observações do médico italiano fossem tratadas como simples estudos de casos, e mesmo assim publicados metodicamente, alguma porta poderia ser aberta para pesquisas mais sérias, que comprovasse ou não a hipótese postulada: De que fungos, genericamente falando, seriam causadores de todos os tumores possíveis. Como mero exemplo, o bicarbonato pode ter alguma ação, sem relação alguma com o desaparecimento dos fungos e as subseqüentes regressões das massas tumorais. Todas as variáveis foram testadas? Exemplos: A variação de ph no meio, proporcionada pelo bicarbonato tem a ver com os efeitos? Existem vícios de seleção dos pacientes? Existem outros medicamentos utilizados no tratamento? Sem querer “viajar muito na maionese”, citei estes exemplos só para registrar como é difícil realizar inferências a partir de meras observações.
    Conforme comentado por participantes deste site, resta então ao médico em questão provar sua afirmação nos moldes mundialmente aceitos pela comunidade científica. Ai sim ele alcançará as pretensões iniciais, sem atalhos perigosos.

  16. Andarilha disse:

    Bicarbonatos a parte… Muito agradável e enriquecedor o blog, exceto por alguns comentários pouco educados…
    No entanto, apesar de se considerarem céticos (como todo bom cientista, né Popper)…percebo que em nossa sociedade moderna, a própria ciência virou o mito que tudo explica e tudo “resolve”.
    Desejos de que “as mais nítidas luzes guiem” o seu caminhar pela vida.
    até mais

  17. Rafael [RNAm] disse:

    Concordo que a ciência tem essa carga de salvadora da humanidade, o que não é verdade. Mas em muitos casos, como neste aqui, ela vem justamente dizer que não é fácil resolver um problema tão complexo. trazendo ceticismo ao “tudo resolve”.
    E muito obrigado pelos elogios!

  18. Rafael [RNAm] disse:

    Falou tudo que faltava.
    Valeu!

  19. Francesco disse:

    Compartilho que nos tempos modernos a ciência realmente faz a diferença. Veja só: Viajar de avião é ciência pura, acumulada em anos e anos de trabalho. Será que alquém teria a coragem de entrar em um boeing sabendo que não foram realizados os exaustivos experimentos em cada um dos parafusos que o compõem? Tudo o que exige pouco trabalho, naturalmente inclina o ser humano a aceitação imediata. Respeitadas as fronteiras de opinião de cada um, penso que a evolução do conhecimento é necessária, mesmo quando ele nasce a partir da cultura popular. Infelizmente, poucos entendem que tudo o que fazemos na vida é sempre comparado instintivamente, sendo exigidas provas constantes. Amor, fidelidade, aptidão vocacional, rendimento no trabalho etc. Poucos sabem que até os pregos que utilizamos para pregar madeiras passaram por muitos testes em laboratório, mesmo quando ainda eram minérios. Respeito a fé das pessoas ao buscarem alternativas para sobreviverem, pois ela é necessária. Faz parte da natureza humana. Porém, se falta algo mais para entender e acreditar naquilo que está sendo feito, não há como fugir dos trâmites científicos.

  20. Marco Aurelio R. Corrêa disse:

    O assunto é sério, pois o povo vive uma profunda ignorância e grandes carências. Sem emprego, sem comida, sem saúde, sem casa para morar, sem saneamento e para completar uma mídia que faz de tudo para esconder ou falsear a realidade. Fico muito preocupado quando vejo ou leio debates a respeito de determinadas soluções para doenças que afligem-nos, tais como: cancer, diabetes, hipertenção arterial,obesidade, doenças cardiacas, etc… Pois, somos levados a consumir, diáriamente, uma quantidade imensas de produtos que de certa forma não fazem bem a saúde, tais como: refrigerantes, doces, farináceos, entre outros industrializados, sem que se veja nenhuma discussão acalorada a respeito da prevenção à doenças e a promoção à saúde. Por fim quero comprimentar esta espaço por abordar tal assunto.

  21. Ricardo Santana disse:

    Quando foi descoberta a cura da tuberculose (no vinho tinho), muita gente ficou sem acreditar… Essa questão do bicarbonato é muito nova e devemos aguardar pra ver onde está a verdade…

  22. Nelson disse:

    Não fiquem com inveja, isso é feio e faz mal.

  23. Andarilha disse:

    Acredito que as maiores contribuições ao conhecimento relevante para a humanidade nos foi proporcionado por grandes “desconfiados”, aqueles que em seu tempo, não tomaram como “verdade” aquilo que era hegemônico. Se for tomada como verdade absoluta, a ciência vira dogma, o que representaria um paradoxo, já que ela nasceu da tentativa de desmistificar o conhecimento do homem acerca do mundo e de si mesmo. De toda sorte, os comentários do Marco Aurélio e do Francesco foram excelentes, são perspectivas diversas mas que guardam sua nuance de “verdade” e reforça a questão da complexidade do tema, da vida e de nós mesmos. “Somos todos diferentes e é isso o que nos torna iguais (seres humanos)”

  24. Andarilha disse:

    Oi Rafael,
    o blog é realmente muito bom. Engraçado que entrei por acaso, quando recebi o tal e-mail do bicarbonato e resolvi fazer uma pesquisa sobre o tema. Valeu a pena.
    até mais

  25. Isabela disse:

    Como diria padre Quevedo “Esto es todo supersticion, es todo charlatanismo!
    É simplista demais dizer que bicarbonato cura o câncer. Não que este elemento não possa ser utilizado em paralelo de forma a colaborar para a diminuição do tumor, SE estudos assim o comprovarem.
    Mas quando a comunidade científica em peso discorda e apresenta evidências contra um médico fanfarrão, que teve seu diploma cassado, resta a nós, leigos, termos mais discernimento ao ler uma notícia como estas.
    O mundo inteiro pesquisa a cura do câncer; seria bem estranho governos oferecerem bolsas de estudo e patrocinarem pesquisas sobre algo que já possui tratamento a baixo custo como o sugerido pelo “médico”.
    Mas… _dito popular_, cada cabeça uma sentença.
    Acreditem no que quiserem acreditar, todos somo livres em pensamento.
    Mas, em pleno século XXI, é complicado crer até no que vemos, posto que efeitos de imagem são “baba”…
    É triste realizar que, ainda hoje, com tanta informação, pessoas aceitem notícias deste gênero como verdade absoluta e critiquem quem delas duvide baseando-se em dados concretos.
    Pra quem é chegado no bicarbonato de sódio, sugiro recomendar o tratamento aos familiares e amigos. Quem sabe vcs não provem que o Dr. Simoncini tem razão?
    Boa sorte.

  26. Rafael [RNAm] disse:

    Marco, agradeço e aceito sugestões e contribuições. Fique a vontade. Até mesmo para mandar material

  27. Criatian Diego disse:

    Bom dia…
    Concordo com todos aqueles q esperasm provas concretas sobre esse assunto…
    Mas acho muito pretencioso dizer q é besteira…
    O homem nasceu e se criou com o pensamento de tudo tem de ser provado… Tanto q Jesus Cristo foi cruscificado e mesmo assim muita gente não acredita nele…
    Sei q na medicina isso, é quase irrelevando (FÉ)…
    Mas tdudo q é simplista é discriminado… Como falaram… hoje todo é qualquer tratamaneto é feito com produto quimicos… q ajudam a curar ou tratar uma doença… mas acaba causando outros tipos de problemas, todos sabem q a injestão de pilulas capsilas via oral… De uma foram ou outra prejudica o estomago…
    Minha mãe está fazendo quimio-terapia, temos pesquisados vários tipo coadjuvantes para ajudar no tratamento, tanto quimicos, mas principalmente homeopáticos… que mesmo assim de uma foram ou outra… Se mal administrado pode causar outros itpos de problemas…
    Espenho q aja um impenho enorme em cima disso, pois quem sabe não é o pricipal tratamento para o cancer, e com um vantagem, vai ser um tratamento barato e de acesso a todos… esperamos q não sejamos vítimas dessas empresas farmacêuticas… se aproveitando disso…
    Estou ligado no site apartir de agora…
    Abraço a todos…

  28. Isabela disse:

    Nem tudo o que é simplista é discriminado! Existe coisa mais simples e eficaz que soro caseiro -mistura de água, sal e açúcar?
    Eu sou a favor da homeopatia, uso desde criança e já fui beneficiada com seus tratamentos não agressivos. Mas até um médico homeopata concorda que, na crise, o medicamento alopático é necessário.
    O fato é: SÓ bicarbonato NÃO cura o câncer! Se ele for usado como coadjuvante e apresentar algum resultado, é outra história, mas a promessa milagrosa de cura é demais…!
    Deixem os milagres para Cristo.
    Aqui, no plano terrestre, há mais intenções do que supõe nossa vã filosofia. O doutorzinho quer se auto promover, lucrar em cima da doença, da fé e esperança de pessoas que estão debilitadas até para refletir racionalmente sobre o assunto. Quem está enfermo quer a cura a todo custo e isso é justo. Mas, quem está são, tem a obrigação de identificar estes picaretas que colocam em risco a vida de muita gente.

  29. Andre disse:

    Minha querida Isabela, Cristo era simples e não possuía interesses comerciais.Os “milagres” da cura de diversos males acreditem, já existem e podem ser sim, simples.
    Os interesses comerciais dos planos de saúde e da indústria farmacêutica hoje promovem a doença no mundo.
    Os nossos médicos que recebem um valor ridículo dos planos de saúde pelos procedimentos e os hospitais da mesma forma.Como não pagar um plano de saúde se podemos morrer na fila do sus ou ter de vender tudo para pagar uma conta particular no hospital(aí eles querem lavar a alma e cobrar muito além do necessário)?
    Apesar de possuir um dos melhores planos de saúde do mercado(Unimed Delta), não faço uso dele ha pelo menos 3 anos.
    Nestes últimos faço um tratamento indicado pelo Dr Luiz Moura e que por acaso tb é veementemente reprovado pela comunidade médica(influenciada talvez?).
    Cloreto de magnésio (1/2 copo ao deitar) e auto-hemoterapia semanal de 5ml no deltóide.Nunca mais tive febre, gripe ou infecção de qualquer natureza.Milagre? Acho que não.
    Fica aqui meu depoimento e tenho ainda muitos casos na minha família mesmo para discutir sobre influência médica e ética.

  30. Marcos Santos disse:

    Olá Rafael
    Gostei do que li aqui. Sempre que recebo esse tipo de mensagem, faço uma breve pesquisa pela rede para ver até onde vai a aceitação cabal da mesma. Essa do “Sal Eno” não desceu bem. Como engenheiro de formação, também me obrigo a ser um cético. Sempre que posso, coloco essas conclusões em meu blog, desmascarando esse tipo de mensagem que infesta a rede. A sua por exemplo, será referenciada nele.
    Abraço
    Marcos

  31. Célia Pereira disse:

    Senhores e Senhoras,
    Faço parte da Comissão Nacional dos Povos e Comunidades Tradicionais, pessoas comuns,simples, muitas vezes esquecidas pela sociedade,mas tem detém conhecimentos tradicionais, boa parte não tem acesso aos meios públicos de saúde, e controlam ou melhor acabam com as doenças com uso de plantas medicinais, conhecimentos esses passados de geração a geração e estão lá, firmes, fortes e sadios, as doenças mais complicadas como febre amarela,malária entre outras, nem sempre conseguem se tratar porque não são doenças que nasceram lá, mas sim vieram de outros locais, mesmo assim usam produtos naturais, como oleos diversos, banhas de animais, sementes,plantas etc…e assim vão sobrevivendo porque se dependessem dos médicos, dos remédios de farmácia há muito já não existiriam, me digam então “doutores” de cidades, expliquem se essas comunidades detém ou não o conhecimento que a maioria dos senhores nem em mil anos terá? Expliquem como conseguem se curar com remédios caseiros? Os senhores não explicam, porque não têm o conhecimento, porque só sabem o que aprenderam nos bancos universitários e o pior dizem sem saber como provar que esses remédios não funcionam. Se não funcionassem boa parte das comunidades tradicionais e comunidades rurais não mais existiriam, pois tratamento nesses lugares é somente com remédios naturais passados de pai para filho, de mãe para filha…Bicabornato de sódio, deve funcionar sim, porque ao invés de ficarem apoiando a trilionária industira farmaceutica, não fazem os senhores mesmos pesquisas, não só esse o bicarbonato mas também de outros, que tal visitarem os lugares mais íngremes do nosso país e comprovar como funciona a medicina natural? Pena que as faculades não façam esse tipo de trabalho junto aos estudantes de medicina, só assim os médicos, chamados doutores desde a época do coronelismo que insistem em levar esse título,sem mesmo ser doutor, porque doutor é quem tem doutorado, poderiam sim de fato ser médicos, com conhecimentos da medicina natural, da medicina que funciona no dia a dia de milhares de brasileiros e outros povos mundo afora…pensem nisso, antes de dizer que não concordam, como o médico italiano, os senhores também não tem provas contrárias, que tal aprenderem mais com pessoas humildes e que de fato são os verdadeiros doutores, sem consultorios modernos, sem ultrasom, sem raios X e exames laboratoriais diversos, mas que pela experiência e conhecimento adquiridos salvam vidas e de fato curam e não simplesmente como os remédios de farmácias não curam, apenas para a dor e complicam outras coisas…Vale a pena repensar!

  32. Ana disse:

    Olá a todos!!
    ACHO QUE ISSO VEIO A TONA. PARA ACORDAR A COMUNIDADE CIENTIFICA PARA VOLTAR A TER MAIS ESFORÇOS PARA O MISTERIO DO CANCER, SUAS REAIS ORIGENS. SÃO MILHOES DE PESSOAS QUE FALECEM POR SUA CAUSA, FAMILIAS DESPEDAÇADAS.
    SE É VERDADE OU MENTIRA, NÃO SEI!
    PROVEM REALMENTE!
    PESQUISEM, COBREM DO GOVERNO, INDUSTRIAS FARMACEUTICAS, MÉDICOS….

  33. Mary Do disse:

    Sou Assistente Social de profissão mas trabalho na Pastoral da Saúde com a camada mais pobre da sociedade. Porém quero dar meus parabéns ao Francesco pela prudente observação. Um homem como o dr. italiano que se preocupa com a saúde das pessoas que sofrem, não pode ser simplesmente ridicularizado. Deve ser chamado a fazer parte do estudo científico que dalí para frente deveria ser promovido.

  34. Rafael [RNAm] disse:

    Como se tem tanta certeza de que um médico que teve sua licença cassada estava mesmo querendo só o bem para a humanidade?
    O homem não pode ser mau? Não é melhor previnir até comprovar com pesquisas sérias?

  35. Mary Do disse:

    Não sou médico nem mesmo alguma coisa na área da saúde, mas sou Assistente Social. Desta forma vejo que condenar um médico tirando dele o direito de exercer seu trabalho porque descobriu uma forma prática e barata de curar as pessoas com câncer, isto não vai salvar ninguém, vai privá-lo de buscar recurso na ciência para comprovar sua descoberta. O que deveria ser feito e dar atenção ao que ele diz e encaminhá-lo para a pesquisa adequada junto com a equipe multidisciplinar de cientistas interessados na saúde da população. Desse jeito vamos ter medo de ter novas descobertas, vamos abandonar . Ele tem provas suficientes da veracidade de sua tese, quem tem que provar o contrário é a ciência. Caso ela não consiga poderemos pedir contas destes 100 anos de tempo, dinheiro e principalmente, vidas perdid@s.

  36. Rafael [RNAm] disse:

    Ok, se vc acha q a licença dele foi cassada por injustiça ao tratamento q ele criou, tudo bem. Não tenho dados para provar o contrário.
    Mas eu não confio.

  37. Rafael [RNAm] disse:

    E desculpe, mas uma coisa q ele não tem são dados sérios e confiáveis. Nisso infelizmente vc está equivocada Mary.
    A ciência não corre na velocidade q a gente quer por ser muito criteriosa. E essa é a sua maior qualidade.Vamos até onde podemos, nao aonde simplesmente queremos. Erros não são tolerados.
    Por isso podemos confiar nos produtos da ciÊncia. Talvez não plenamente, mas muito mais que alguem q parece insistir em ficar às margens dela por não conseguir passar pelo seu crivo.

  38. Romy disse:

    Sou apenas uma observadora, mas sou a favor da Teoria da Conspiração. Acho que até Deus se assusta com o que pode estar acontecendo nas profundezas das almas de muitos cientistas e médicos, cujo objetivo principal é enriquecer às custas de milhões vidas. Então, se realmente existir uma cura definitiva para inúmeras doenças, com substâncias simples e naturais, muitos desses profissionais não vão mais ganhar dinheiro, e por isso, vão retaliar todos aqueles que tentarem curar de verdade as doenças que assolam a humanidade.

  39. Rogerio disse:

    Quando recebi o e-mail do médico italiano, o fiz com certo ceticismo. Porém, após analisar a questão e a sua abordagem de forma mais aprofundada, pude constatar que faz todo o sentido. Em especial quando sei que o chamado “Monstro Sist” (“sistema”) só torna publicável e eficaz o que eles bem entendem e o que efetivamente interessa ($$$) – (não vou discorrer em demasia acerca deste tema, posto que o mesmo já foi abordado com exímina clareza em comentários anteriores aos meus). O fato é que devemos, sim, analisar a possibilidade do Bicarbonato de Sódio ser um forte aliado no combate ao câncer, até porque, cientificamente falando, faz muito sentido sim, além do que não temos, hoje, nenhum outro tratamento realmente eficaz contra a doença. Não estou dizendo aqui que devemos sem ressalvas adotar o tratamento do colega italiano, mas, sim, que devemos apreciar o tratamento com o coração e mente abertos. Não vejo, outrossim, em que o médico italiano possa querer ser beneficiado em difundir um tratamento que realiza se o mesmo não fosse efetivamente consistente. Me parece um contra-senso gigantesco ligar seu nome a um tipo de tratamento novo contra uma doença que tende a ser, se já não for, a maior causa da morte humana no mundo, se este tratamento não tiver, efetivamente, alguma consistência. Ademais, acho completamente irrelevante o fato do mesmo ter o seu registro médico cassado. Estamos cansados de saber que, seja em qualquer entidade, governamental ou não, ou em qualquer órgão de classe, quem não anda conforme a cartilha está sumariamente fora do jogo. Isto é fato! Aliás, o fato do mesmo ter tido a sua licença médica cassada lhe atribui ainda mais credibilidade. Eis a minha opinião e recado. Obrigado pelo espaço.

  40. Não sou medico nem especialista na área, mas gostaria de chamar a atenção para um detalhe. Em termos puramente fisicos, o bicarbonato de sódio promove a transformação de um meio ácido para alcalino. (é o que faz os ENO’S da vida, diminuindo a acidez do estomago). É bastante provavel, que devido a nossa alimentação industrializada,
    cheia de embutidos,refrigerantes, animais alimentados c/hormonios etc
    promovam um desequilibrio em nosso PH, tornando-o acido e em consequencia favorecendo a instalação de infecções e/ou degenerações celulares que podem se transformar em cancer.
    Bem, Esse médico italiano pode ter “atirado no que viu e acertado no que não viu”
    Se essa premissa for verdadeira,
    a causa primária poderia ser perfeitamente a alteração do PH, motivada por “n” motivos e como consequencia, sua correção poderia ajudar no tratamento.
    Caberia sim pesquisa mais aprofundada s/ o tema, que é relevante para todos nós

  41. Flavia disse:

    Não sou médica, mas tive câncer há 4 anos.
    Passei pela quimioterapia e estou aqui, viva, linda, muito feliz e saudável, graças a Deus!
    Sobre o que eu penso disso? Esse cara é um babaca, aparecido, irresponsável, que deveria ser preso.
    Não li todos os comments, pq fiquei com preguiça, mas alguém aí disse que a quimio mata. Vou dizer: eu modero uma comunidade no orkut, com quase 3 mil membros que fazem quimio. Chama: Eu faço/já fiz quimioterapia.
    A comunidade tem 4 anos e de lá, morreram menos de 10 pacientes nesse tempo todo. Ah, eu estou bem viva aqui, por sinal!
    Só acho inadimissível aparecer um louco desses com esse assunto e todo mundo acreditar.
    Irresponsável, isso que ele é.
    Só lamento pela ignorância humana.
    Sabe o que cura o câncer? A prevenção!
    Parem de achar que folha da graviola ou bicarbonato curam. Aliás, curam: depois de morto, todo mundo fica livre de doenças!

  42. Rafael [RNAm] disse:

    Obrigado pelo relato, Flávia.

  43. Gilvando Lucena disse:

    Em 1965, na cidade de Maceió, Al, tive a oportunidade de andar em um táxi, dirigido por um motorista de 22 anos de idade e que era movido a água simplesmente, como combustível básico.A “COMUNIDADE CIENTÍFICA” o descobriu e o “LEVOU” ‘para fazer testes nos EEUU e até hoje não sei o que se passou, mas sei que continuo enchendo o tanque do meu carro com gasolina poluente e cara.PERGUNTO:Não irá acontecer com o Dr.ITALIANO, o mesmo que aconteceu com o descobridor do combustível ÁGUA? O mundo precisa deixar de ser tão cético com relação às coisa novas que surgem para o bem da humanidade.Disse O Mestre dos Mestres, JESUS, que as coisas de DEUS,vêm sempre acompanhada da simplicidade e da fé.
    Vamos acreditar e pedir ao Bom Deus que realmente este médico esteja com a razão e milhares de vidas venham a ser salvas com o bicarbonato de sódio.
    Levei muito a sério o que foi demonstrado pelo médico e a forma clara, como deve ser tudo na vida.
    Muita paz para todos.
    Gilvando

  44. Beatriz disse:

    Meu pai faleceu de câncer, minha ex-sogra faleceu de câncer, dois tios faleceram de câncer e tive amigos que faleceram de câncer.
    Todos fizeram quimioterapia.
    Se EU tivesse um câncer pensaria seriamente se faria uma quimioterapia ou não.
    A quimioterapia debilita demais a pessoa. É um tratamento cruel. Acaba com a qualidade de vida de muitos.
    Meu pai tinha náuseas e vomitava o tempo todo por conta da quimio. Passávamos dias horríveis nos hospitais publicos cheio de gente na fila. Gente passando mal, tendo que esperar sem acomodações decentes. Momentos que deprimem.
    Meu pai ficou muito debilitado com a quimio. Cansado física, menta e emocionalmente. Chegou a fazer três tipos diferentes de quimio. Nenhum funcionou. Ele apenas ficou faco para desenvolver uma doença oportunista. E faleceu.
    Minha ex-sogra, esposa de médico, em pouco tempo de quimio ficou cadavérica e fraca, morreu também em decorrência de uma doença oportunista.
    Com meus tios e amigos, também aconteceu a mesma coisa.
    Atualmente, meu sogro está se tratando de câncer.
    Está se saindo bem com a quimio. Acho que o tratamento evoluiu nos ultimos anos.
    Tomara que continue evoluindo e que funcione definitivamente.
    Mas EU, se tivesse câncer, talvez optasse por NÃO fazer quimio.
    Tomaria bicarbonato, com certeza, pois o bicarbonato, pode até não curar, mas também não debilita a pessoa, não a deixa fraca.
    Não obriga a pessoa a passar dias preciosos da vida em filas de hospitais sem condições, vomitando e vendo os outros sofrerem e serem desrespeitados.
    Não obriga a pessoa a se endividar para pagar tratamento.
    Não obriga ningém a gastar o dinheiro que lutou a vida inteira para conquistar em um tratamento que traz dor.
    Eu se tivesse câncer, optaria por comprar 10 saquinhos de bicarbonato e uma passagem de avião para mim e para minha familia, para aproveitarmos felizes a vida e talvez até voltar curado, ao invés de passarmos momentos juntos dentro de hospital nos endividando e talvez acabar morrendo.
    O médico italiano deve ser convidado a aprofundar suas pesquisas.
    Coisas simples melhoram a qualidade de vida do doente, de amigos e parentes!
    A internet ajuda a divulgar idéias simples para quem quer ter o direito de escolher como quer se tratar.
    O meio acadêmico tem seus vícios e suas vertentes, e nem sempre aceita novidades. Para ter publicação, é preciso ter a simpatia de muita gente.
    As publicações não são feitas apenas pela qualidade do trabalho. Tem muita coisa envolvida.
    Sempre convivi com médicos e sei que tem sempre muita coisa em jogo. Desde interesses do meio acadêmico, a interesses da indústria farmacêutica. Mas não preciso comentar.
    Apesar de ter amigos médicos, já me curei de diversas doenças que os médicos não curavam, com terapias consideradas “alternativas”.
    Essas terapias “alternativas” são testadas desde o início dos tempos por comunidades tribais, civilizações antigas, etc…
    A medicina chinesa, por exemplo, tem sido testada e comprovada há mais de 5 MIL anos em seres humanos.
    Enquantos os estudos cientificos da medicina moderna se contentam em testar em ratos, depois em humanos por poucos anos, fazer estatística e publicar.
    Que teste é mais eficiente?
    O médico italiano deve ser convidado a aprofundar suas pesquisas e dar as pessoas o direito de escolher.
    E pode até ser que melhore a qualidade de vida delas.
    Irresponsabilidade é fechar as portas para alternativas novas!
    Independente de qualquer coisa, o mais importante aqui é:
    As pessoas tem o direito de poder pesquisar coisas simples.
    As pessoas tem o direito de escolher que tratamento querem.
    As pessoas tem o direito de escolher qual qualidade de vida querem ter.
    Tem o direito de escolher em quem acreditar.
    Direito de escolher como querem levar a sua vida.
    Tudo isso, com respeito, sem serem ridicularizadas.
    Obrigada!

  45. Denise F. disse:

    Parabéns Rogério, concordo plenamente com sua opinião. Consideremos quantas pessoas morrem deste mal diariamente com os “tratamentos” disponíveis !!! É cruel.

  46. Marcos disse:

    André falou sábias palavras, concordocom a teoria de conspiração da saúde, pela minha observação a medicina pode curar muitas doenças e não cura, ou por ignorância dos ilustres idiotas que se dizem médicos, mas não tem o mínimo conhecimento, ou por vezes por puro interesse em cultivar a doença no doente para ter lucro, se alguém disser que isso é besteira é porque tem problemas mentais, está envolvido, ou chegou agora neste planeta…. A propósito André: qual é o seu tipo sanguineo?

  47. Marcos disse:

    Te aplaudo de pé!

  48. Roberto disse:

    VCS JÉ REPARARAM QUE SEMPRE QUANDO APARECE UMA NOTICIA QUE É PRÁ LEVANTAR O ASTRAL DOS MAIS NESSECITADOS .SEMPRE APARECEM TBM OS PESSIMISTAS ??????

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM