Escolha uma Página

remedio feliz.jpg

ResearchBlogging.org

Há algum tempo escrevi um post sobre um spam, rodando pelos emails, citando um tratamento utilizando bicarbonato de sódio na cura do câncer (meu post mais comentado de todos os tempos e que colocou o RNAm em terceiro no Google quando se busca “bicarbonato de sódio”).

Ele dizia que o tratamento funcionava mas não era divulgado por lobby de indústrias farmacêuticas querendo proteger seu quinhão de clientes cancerosos.

Critiquei a falta de embasamento científico do tratamento, afirmando que seria fácil montar um experimento em animais provando ou não a eficácia do bicarbonato. Mas ninguém apareceu com fatos científicos.

Mas foi noticiado recentemente um trabalho em uma revista científica importante, mostrando os benefícios possíveis do controle do pH em tumores. Na verdade foram dois trabalhos, um com modelo animal e outro com modelo computacional. Claro que choveram comentários dos entusiastas do bicarbonato.

Bem, li o artigo. Vamos aos fatos citados na introdução do mesmo:

  • Tumores tem pH mais ácido – pH do corpo é 7,2 a 7,4. Nos tumores o pH é de 6,6 a 7,0. Isto se deve ao fato das células tumorais não terem acesso fácil a vasos sanguíneos, assim, na falta de oxigênio, elas recorrem a respiração anaeróbica, o que acaba gerando ácido lático e outros metabólitos ácidos.

  • Ambientes ácidos favorecem tumores – células tumorais pré-cultivadas em pH baixo produzem proteínas associadas ao crescimento celular e parecem ser mais invasivas quando injetadas em animais.
  • Células normais não toleram pH ácido – em detrimento às células tumorais que conseguem se desenvolver nesses ambientes ácidos.

Assim surgiu um modelo de invasão tumoral dependente de acidez: o tumor cresce; sem oxigênio suficiente passa a respirar anaerobicamente, deixando o ambiente ácido; células normais em volta morrem; células tumorais que resistem à acidez invadem os tecidos adjacentes.

Agora os resultados do trabalho in vivo:

Camundongos foram inoculados com células tumorais para desenvolverem tumores e divididos em dois grupos: os que receberam o tratamento de bicarbonato e os controles sem bicarbonato

  • Mudar a acidez não afetou crescimento de tumores primários. Mas reduziu o número e o tamanho das metástases no pulmão, intestino e diafragma. Assim os animais tratados com bicarbonato acabaram vivendo mais.
  • Não houve alteração na acidez do sangue ou de órgãos normais.
  • Dois tipos de células tumorais foram injetadas sistemicamente (na veia) dos animais. Uma delas formou menos tumores em camundongos tratados comparando com o s animais sem tratamento. O outro tipo não mostrou diferença entre os tratados e não-tratados com bicarbonato

Portanto este é o primeiro trabalho científico que registra beneficio do uso de bicarbonato de sódio no tratamento de metástases.

Boa notícia, já que o bicarbonato já é usado por pessoas em quantidade não muito diferente da que usaram proporcionalmente nos camundongos (equivalente a 12,5 g/dia para uma pessoa de 70 kg), e não é relatado nenhum efeito colateral importante devido a este uso.


Teoria do fungo e da conspiração

Agora quanto ao caso do ex-médico Tullio Simoncini que prescrevia bicarbonato a seus pacientes permanece o alerta. A via de ação do bicarbonato apresentada aqui por este trabalho parece muito interessante e não tem absolutamente nada a ver com a idéia de Simoncini de fungos causando tumores.

Este trabalho também mostra que não existe um lobby velado da indústria farmacêutica impedindo pesquisas e publicações com substâncias que possam ir contra seus ganhos. A pesquisa com bicarbonato foi feita e publicada nesta revista muito conceituada no meio científico. Existe lobby sim, mas ele atua de outras formas, e não impedindo pesquisa básica independente.

Fique também claro que este trabalho, apesar de parecer ter sido bem conduzido, ainda precisa ser confirmado por outros laboratórios. A repetição de resultados é a última garantia de que aquele dado é realmente confiável.

Aguardemos mais boas notícias.

P.S.: Aguardem a entrevista com um dos autores do trabalho em breve.

Gostou desse texto? Siga-me no twitter @Rafael_RNAm e clique aqui para assinar nosso Feed/RSS e receber conteúdo novo em primeira mão!
Robey, I., Baggett, B., Kirkpatrick, N., Roe, D., Dosescu, J., Sloane, B., Hashim, A., Morse, D., Raghunand, N., Gatenby, R., & Gillies, R. (2009). Bicarbonate Increases Tumor pH and Inhibits Spontaneous Metastases Cancer Research, 69 (6), 2260-2268 DOI: 10.1158/0008-5472.CAN-07-5575

Silva, A., Yunes, J., Gillies, R., & Gatenby, R. (2009). The Potential Role of Systemic Buffers in Reducing Intratumoral Extracellular pH and Acid-Mediated Invasion Cancer Research, 69 (6), 2677-2684 DOI: 10.1158/0008-5472.CAN-08-2394

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...