Falta de noção sem limites: Vacinação

vacina cão.jpgTemos um novo recorde: é a terceira vez esta semana que escrevemos um post motivado pela vontade de morder o cotovelo. Primeiro foi Jesus chorando, depois a “verdade” sobre a astrologia, e agora é indisposição das pessoas em tomar a vacina da gripe H1N1.
Qual o problema em não tomar a tal vacina? Ora, nenhum tirando o fato de que no caso dela funcionar e você entrar em contato com o vírus, ele rapidamente será combatido, não transformará suas células em fábricas que produzirão milhares de milhões de outros vírus, e assim você não ficará doente e não será um maldito transmissor de vírus para outras pessoas.
Sei que por enquanto não é todo mundo que tem acesso à vacina, mas o que me deixa fulo da vida é que tem gente que tem acesso e NÃO QUER TOMAR!
Motivo? Nenhum. Pelo menos não quiseram dizer. Vai ver que o medo de injeção é maior que a vontade de salvar a vida de colegas da comunidade.
E quem são estes pobres diabos? Mendigos, ambulantes, coletores de latinhas? Não, são pós-graduandos da USP, que trabalham num laboratório de biologia molecular! Incrível como a falta de noção não conhece barreiras nem preconceitos, nem raça nem nível social e “intelectual” (uma grávida inclusa, que é grupo de risco). É a nossa elite “pensante” brasileira!
Queria saber porque desde sempre existe tanta desconfiança das vacinas. Até hoje tem gente, e até organizações, que afirmam que ao invés de fazer bem as vacinas fazem mal. Uma história velha de que uma vacina nos EUA causava autismo fica ecoando até hoje, sendo que foi provado que o estudo foi mal conduzido.
Tem maluco que fala que as vacinas não foram provadas cientificamente! Que Pasteur estava mentindo (mas aposto que esses malucos tomam leite pasteurizado) falando que germes e coisas do tipo não causam doenças, mas sim as variações de seus campos energéticos ou comer comida impura. O homem das cavernas, o mais puro de todos (com toda carga esteriotipada do “bom selvagem”), e que comia a comida mais pura de todas, vivia só até os 18 anos. E aí, como fica a pureza nessa história?
Acredite, isso é coisa de gente que não sabe o que diz.
Uma vacinação em escala mundial como a que vem sendo feita, se tivesse alguma reação ou efeito colateral, ele já teria aparecido e seria quase impossível acobertar.
Resumindo: os médicos recomendam que se tome a vacina caso tenha acesso a ela.
Agora, se você ainda assim está se lixando pra si mesmo e pra humanidade, tenha pelo menos a dignidade de sair da vida em sociedade. E o último apaga a luz do BBB10.
- Updêite via @rmtakata: Veja aqui o cronograma de vacinação dos grupos prioritários

.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM