Fé nas Escolas é um Perigo?

Faith School Menace? (melhor tradução que consegui fazer: Fé nas Escolas é um Perigo?) é o nome do documentário de Richard Dawkins lançado em agosto de 2010. A discussão gira em torno do fato de que uma grande quantidade de escolas nos Estados Unidos e no mundo são ligadas a alguma instituição religiosa, e o ensino é adaptado às visões de mundo destas religiões.
O resultado disso é a distorção do conhecimento por parte dos professores, que visam preservar o conhecimento escrito em seu livro sagrado ao custo de ensinar coisas erradas à crianças muito jovens e especialmente vulneráveis a aceitar o que um professor diz. Dawkins visita várias escolas e conversa com algumas crianças e professores, visando conhecer o que é ensinado a elas.

É impressionante perceber como, por exemplo, a teoria da evolução é ensinada erroneamente ou ignorada pelos professores destas escolas, visto que esta teoria é contraditória com os postulados da religião delas, apesar do consenso hoje sobre a teoria da evolução e da enorme quantidade de evidências que a corroboram. A grande mensagem de Dawkins é que não é algo benéfico para a criança ser rotulada como uma “criança cristã” ou “criança islã” desde pequenos pelos pais, reforçando uma visão etnocêntrica e hostilizada de endogrupo (pessoas da minha religião) e exogrupo (pessoas de outras religiões).

Exemplo de consequências negativas deste tipo de doutrinação são as notícias recentes sobre o pastor de uma igreja evangélica americana que queria queimar exemplares do corão, livro sagrado islã, em comemoração do nono aniversário do atentado de 11 de setembro. Ele desistiu da idéia devido à fortes pressões políticas e institucionais. Porém isso não evitou o ódio gerado pela sua manifestação no Paquistão e no Afeganistão. “Aqui” você pode ver algumas imagens dos protestos contra o pastor.

Outro ponto muito enfatizado por Dawkins é que as crianças não devem ser reprimidas pelas suas perguntas curiosas nem aprenderem que é errado questionar ou duvidar do que uma figura de autoridade diz (como um professor ou um padre). Ele defende que devemos dar as ferramentas nas mãos das crianças para que elas possam livremente pensar por si mesmas e chegar às suas conclusões sobre a vida, sobre seus posicionamentos e visões de mundo quando tiverem capacidade de fazer isso.

Carl Sagan, em seu livro O mundo Assombrado Pelos Demônios: A Ciência Vista Como Uma Vela no Escuro, comenta sobre a tendência de muitos pais em desencorajar os questionamentos das crianças, como quando surgem perguntas sobre o porque a grama é verde ou porque o céu é azul:

Há muitas respostas melhores do que fazer a criança sentir que está cometendo um erro social crasso ao propor perguntas profundas. Se temos uma idéia da resposta, podemos tentar explicar. Uma tentativa mesmo incompleta proporciona nova confiança e encorajamento. Se não temos idéia da resposta, podemos procurar na enciclopédia. Se não temos enciclopédia, podemos levar a criança para a biblioteca.

Ou podemos dizer: “Não sei a resposta. Talvez ninguém saiba. Quando você crescer, será talvez a primeira pessoa a descobrir tal coisa”. Há perguntas ingênuas, perguntas enfadonhas, perguntas mal formuladas, perguntas propostas depois de uma inadequada autocrítica. Mas toda pergunta é um grito para compreender o mundo.

Não existem perguntas imbecis. As crianças inteligentes e curiosas são um recurso nacional e mundial. Precisam receber cuidados, ser tratadas com carinho e estimuladas. Mas o mero estímulo não é suficiente. Temos de lhes dar também as ferramentas essenciais com que pensar.

É ético e moral com estas crianças, educadas em instituições religiosas, privá-las do conhecimento mais avançado e atualizado que temos hoje sobre a vida e o universo, enganado-as só porque um grupo de pessoas acha que isso é que devia ser ensinado? E se houvesse um colégio nazista (pode ser que exista) ensinando que a raça ariana é superior e que os diferentes devem ser exterminados? Esse tipo de ensino também deveria ser permitido?

Sabemos hoje que não existem raças superiores. Também sabemos que ninguém é capaz de ressucitar e flutuar com os pés sobre a água, nem tampouco levitar até os céus, sabemos que o universo tem muito mais que 6 mil anos de existência e que pessoas de outras religiões e que adoram outros deuses não devem ser mortas ou torturadas.

O tema é muito controverso e desperta reações profundamente apaixonadas, mas é de uma importância imensa para o futuro da humanidade discutí-lo, pois estas crianças que estão aprendendo hoje que suas religiões são as certas e que as outras são erradas, cultivadas por pessoas que devem ser reprimidas, poderão ser os futuros presidentes dos Estados Unidos, do Iraque, de Israel, futuros soldados, juízes, políticos e terroristas.

O documentário está inteiramente disponível no Youtube em 4 partes, ainda sem legenda. Vale a pena ver o belo trabalho produzido por Dawkins tocando numa questão tão importante e necessária hoje para o futuro da humanidade: qualidade de educação. Seguem os vídeos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Discussão - 0 comentários

Participe e envie seu comentário abaixo.

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM