Mães lésbicas

Fonte: Psychology Today
Autor: Nathan Heflick
Tradutor: André Rabelo

Mães lésbicas podem criar ótimas crianças

Muitas pessoas que se opõem ao casamento gay argumentam que crianças criadas por pais gays são na maioria das vezes incapazes de criar crianças normais. Bem, talvez estas pessoas estejam certas. Baseado no vídeo linkado aqui, estas crianças seriam mais como crianças extraordinárias.

Parece horrível que crianças se tornem adultos como ele, não é mesmo?

Evidências anedóticas a parte, pesquisas corroboram a afirmação de que crianças criadas por lésbicas são, em média, mais felizes e menos violentas do que crianças criadas por casais de sexo misto. Também existem evidências de que o abuso físico contra crianças é menor (praticamente inexistente) em relacionamentos lésbicos.

Parece, portanto, que pelo menos em termos de pais lésbicas, as pesquisas sugerem que crianças criadas por pais homossexuais passam bem.

Mais pesquisas são necessárias para testar o porque estas crianças são, em muitos casos, mais pacíficas e felizes.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Discussão - 3 comentários

  1. Renato Pincelli disse:

    Mais um estudo sobre o assunto, também com resultados positivos: http://journals.lww.com/jrnldbp/Abstract/2012/01000/Quality_of_Life_of_Adolescents_Raised_From_Birth.4.aspx

    Li algures (infelizmente não me lembro onde) que filhos de casais homossexuais podem ter uma criação melhor exatamente por serem adotados. Famílias lideradas por homossexuais tendem a ser planejadas e seus filhos não são “acidentais”, como ocorre em muitos casais hétero. Além disso, casais gays tendem a adotar crianças mais velhas ou de outras raças, que geralmente são ignoradas por pais e mães adotivos.

  2. André Rabelo disse:

    Renato,

    legal esse estudo que vc encontrou, obrigado por compartilhar! Vai bem na direção dos dados apontados no texto e é bem recente. Muito interessante também a sua observação sobre o planejamento do filho, mas é curioso como este dado pode se relacionar com o chamado “efeito cinderela.”

    Talvez casais homossexuais sejam uma exceção ao efeito, acho que a maioria dos estudos sobre o efeito foram feitos com casais heterossexuais que adotaram crianças. Isso faz sentido na medida em que um dos estudos citados no texto mostram que a violência contra crianças em casais homossexuais é muito menor.

    Abraço!

  3. André Rabelo disse:

    Legal essa matéria que saiu no g1 sobre estes estudos, eles citam muitos dos dados aos quais vc se referiu:

    http://mundo.gay1.com.br/2012/01/casais-do-mesmo-sexo-podem-ser-os.html#

    Achei interessante esse trecho:

    “O sociólogo Brian Powell argumenta que se o casamento entre pessoas do mesmo sexo tem alguma desvantagem, a culpa não é da escolha dos pais, mas da reação da sociedade sobre essas famílias.

    “Imagine ser uma criança vivendo em um estado onde, legalmente, apenas um dos pais pode ser seu pai”, comenta Powell. “Nessas situações, a família não é vista como autêntica ou real pelos outros. E seria uma desvantagem”.

    Em sua pesquisa, Goldberg descobriu que muitos filhos de casais do mesmo sexo pensam que mais aceitação das famílias LGBTs ajudaria a resolver o problema.”

    Esse trecho tb é interessante:

    “Para Goldberg, os únicos locais consistentes onde você pode encontrar diferenças entre crianças de casais LGBTs e de heterossexuais está na tolerância e abertura de conceitos. Em um estudo de 2007, ele conduziu entrevistas com 46 adultos com pelo menos um pai gay. Vinte e oito falaram espontaneamente que se sentiam mais abertos mentalmente e empáticos do que aqueles não criados nessas condições.”

    Abraço!

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM