Você leva jeito para psicologia?

Você leva jeito para ser um psicólogo?

Você é um bom ouvinte? Da bons conselhos para os seus amigos? Seus pitacos sobre porque alguém fez algo normalmente acabam se mostrando certos? Se sim, então você provavelmente já ouviu alguém lhe dizer que “você seria um bom psicólogo” ou “você leva jeito para a psicologia.” Entretanto, muitas vezes, a visão que as pessoas tem sobre o que é a psicologia e o que é preciso para ser um bom psicólogo não será um bom guia para você descobrir se leva jeito para a coisa. Um estudante que quiser se graduar em psicologia e se tornar um profissional vai precisar de muito mais do que bons pitacos e um bom ouvido, embora essa parte do corpo seja essencial.

Seguem abaixo cinco características que eu considero importantes para alguém que planeja se aventurar nos mares agitados da psicologia brasileira.

Coragem

Para começo de conversa, você precisa ser uma pessoa corajosa e honesta consigo mesma para reconhecer que gostaria de fazer psicologia, e mais corajosa ainda para contar aos seus pais! Eu já passei por isso, não foi fácil. Afinal de contas, o sonho deles é, em geral, ter um(a) filho(a) médico(a) ou advogado(a). Eles querem que os filhos agarrem os empregos que oferecem a maior estabilidade financeira e status social disponíveis na nossa sociedade, e quando ouvem o(a) filho(a) dizendo que quer ser um(a) psicólogo(a) já pensam que ele(a) passará fome e talvez até fique doido(a).

Mas não adianta, algumas pessoas simplesmente não conseguiriam ser felizes sendo médicos ou advogados e a maioria dos pais se sentem convencidos quando percebem que os seus filhos estão sendo sinceros. Alguns de nós querem entender porque as pessoas fazem o que elas fazem, porque elas pensam o que pensam ou querem ajudar os outros a lidarem com seus problemas psicológicos – e talvez se entender um pouco melhor no meio do caminho. Existem milhões de pessoas como estas ao redor do mundo trabalhando em universidades, consultórios e empresas, fazendo um trabalho que as tornam felizes e de estômago cheio (por mais que você dificilmente se torne um bilionário ganhando apenas o que um psicólogo ganha).

Curiosidade

Todos gostaríamos de poder entender melhor os outros e a nós mesmos. A vida poderia ser muito mais fácil se conseguíssemos entender porque as pessoas com as quais convivemos fazem coisas ruins às vezes ou porque nós nos sentimos exageradamente angustiados em uma determinada situação. A diferença da maioria das pessoas para as que se tornarão ou se tornaram psicólogas é que entender o ser humano não é só um desejo, é algo que nos move, às vezes profundamente.

A curiosidade pelo ser humano é poderosa dentro de nós e faremos questão de estar atualizados sobre o que se entende deste assunto atualmente. Se possível, tentaremos contribuir para a construção deste conhecimento com pesquisas nossas ou usaremos estes conhecimento para ajudar as pessoas a aliviarem os seus sofrimentos. O que importa é o barato de olhar para trás daqui há um tempo e saber que você está lidando no seu trabalho com um dos objetos mais complexos que a ciência já se dispôs a entender e que é um grande privilégio fazer parte deste grupo de pessoas curiosas.

Amar Gostar de ler

Gostar é pouco, você precisa amar ler (ou pelo menos estar disposto a começar a amar)! Esteja disposto a perder muitas e muitas horas da sua vida… lendo. Sim, você lerá muito, vai cansar de ler às vezes, vai querer rasgar o seu livro… mas, no fim do dia, talvez você perceba o quanto valeu a pena ler. Nem todas as leituras serão ótimas, fáceis, bem escritas e realmente informativas, mas algumas delas podem mudar a sua visão de mundo. Algumas delas podem te trazer conhecimentos que você nunca imaginaria por si só e que poderão ser úteis a você no seu dia-a-dia. Algumas delas farão você querer nunca ter tido um olho para ser obrigado a ler aquilo, mas outras farão você se sentir privilegiado de estar vivendo em uma época em que nós, seres humanos, fomos capazes de entender um aspecto tão particular e interessante de nós mesmos. Alguns textos te tornarão uma pessoa mais humilde e compreensiva com os outros, pois te farão perceber o quanto o ser humano é falível e imperfeito, embora também seja tão flexível e admirável. Se você está com preguiça de continuar lendo esse texto, mas deseja fazer psicologia, aqui fica a dica: leia este e todos os outros textos deste blog, assim como de muitos outros, pois você precisará ser um leitor afiado e não terá descanso!

“Senso crítico”

Do primeiro ao último dia de aula, um aluno de graduação em psicologia no Brasil é bombardeado com professores, ideias e teorias que, quando juntas, podem não fazer muito sentido. As abordagens adotadas na psicologia são notoriamente hostis umas com as outras se comparado com o que ocorre em outras ciências, como a biologia e a física. Não será difícil para um graduando aprender algo em uma aula e, em uma outra aula, aprender algo contraditório com o que foi ensinado antes. Trava-se uma batalha política silenciosa dentro de muitos institutos de psicologia em universidades brasileiras, onde os alunos são a munição da batalha.

Cada grupo luta pela sua expansão e os alunos são persuadidos todos os semestre, por diferentes professores, a pensarem coisas quase opostas sobre o que é a psicologia, como ela deveria ser feita e até mesmo sobre o que é “ser crítico.” Não há regra de ouro sobre como lidar com estas ambiguidades, mas o que vale aqui é nunca se acomodar com uma única visão das coisas e sempre rever as suas opiniões. Conhecer as diferentes perspectivas, as suas vantagens e limitações é o único antídoto disponível (não totalmente eficaz). E quando alguém lhe disser o que você deve pensar para estar sendo “realmente crítico,” desconfie disso também. Se você quer ser um psicólogo, é melhor começar a saber conviver com a incerteza constante e a suspender seus julgamentos indefinidamente sobre várias coisas.

 Cabeça aberta

A psicologia não é um curso para qualquer um. Você será exposto ao que entendemos atualmente sobre o ser humano, e isso nem sempre será agradável ou coerente com as suas crenças. O importante é você entrar no curso desde o começo com a cabeça aberta, disposto a rever as suas ideias e talvez mudá-las se achar necessário. O machismo, o preconceito racial e a homofobia são alguns exemplos de influências sociais que, sem notarmos, moldam a maneira como percebemos o mundo e agimos com os outros. Na psicologia, você aprenderá que muitas destas visões são questionáveis e prejudicam a vida de milhares de pessoas. Em suma, não importa o quão tradicional ou moderno você seja, provavelmente você precisará rever noções básicas e, novamente, suspender seus julgamentos indefinidamente sobre diversas coisas ou mudar seus julgamentos.

O que há de bom então?

Talvez até aqui tenha parecido que eu só falei de coisas que dão trabalho na psicologia, que são difíceis de lidar e de entender. Se você quer dedicar pelo menos 5 anos da sua vida a algo, eu acho que seria bom saber onde você está entrando e das dificuldades que você poderia enfrentar (que são muitas). Nem sempre as coisas serão fáceis, nem sempre serão tão difíceis, mas há algo na psicologia de especial. Nós somos as pessoas privilegiadas que tem o maior acesso ao conhecimento disponível atualmente sobre o ser humano. Isso pode ser muito útil e divertido se você vive em um planeta habitado por seres humanos – afinal de contas, nós somos os especialistas do ser humano em um planeta cheio de humanos.

Nós podemos usar nossos conhecimentos no dia-a-dia para ajudar as outras pessoas e a nós mesmos. Nós podemos participar ativamente e diretamente da construção deste conhecimento ou ajudar várias pessoas a viverem vidas mais dignas e felizes. Um psicólogo sempre tem o potencial de fazer a diferença na vida de muitas pessoas, às quais ele nunca irá conhecer pessoalmente. Isso não significa que as outras áreas da ciência não possam contribuir para a qualidade de vida das pessoas, mas nós temos uma contribuição especial e particular para oferecer que as outras não serão capazes de oferecer. Eu espero que, daqui há um tempo, querer ser um psicólogo seja visto por pais como algo “bonito” e digno. Eu acho que escolhi uma profissão muito bonita, inspiradora e intrigante. Desde que eu comecei o meu curso, não houve uma semana na qual eu tenha acordado sem pensar em como eu gosto de fazer o que eu faço, sem pensar em como seria insuportável estar fazendo o que as pessoas gostariam que eu fizesse na época em que eu precisei escolher este curso. Ser um psicólogo pode não ser sinônimo de ser rico, simpático ou famoso, mas pode ser a profissão sem a qual você passaria o resto da vida se perguntando “e se…?”

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Discussão - 218 comentários

  1. laurea disse:

    Olá
    Eu chamei Laurea. Tenho 26 anos e sou professora em uma escola no sul de paris.
    após o nascimento de meu primeiro filho, meu marido tem dado o espírito e m”deixou um monte de despesas.
    Após essa é a sua família que veio para me enviar de volta para o apartamento
    de meu falecido marido, para mim, significa que eu não tenho o meu lugar aqui.
    Todos confusos, eu coloquei a rua com o meu filho.Sob o efeito do medo que eu fiz a mim mesmo
    em um centro de recepção, que concordou em me ajudar.Isso é como eu me tornei uma garçonete de um Café-Bar.
    Não foi nada fácil para mim, porque um monte de homens querem dormir comigo
    ouro eu amo meu filho e quero um futuro melhor.Dominado por eventos, estou determinado
    consulte um sacerdote para que ele pudesse ajudar-me a sair deste mau aventura.Depois de muitos passos
    realizado com o sumo sacerdote Fa eu encontrar o sorriso de 7 dias após a realização de consultas e de rituais.
    Eu sou totalmente alegria. Eu não sei o que está acontecendo comigo. Mesmo se eu não sou imensamente rica
    Eu estou entre os ricos da França eu tenho o meu super-mercados e pronto-a-vestir que funciona bem para mim
    por causa do grande sacerdote Fa. Ele salvou a minha vida.você que lê esta mensagem, a sua vida pode mudar se você acreditar
    ele pode mudar, deve mudar se você confiar esta adresse:[email protected]
    boa sorte para você.

  2. geiciane sousa da silva disse:

    Sempre sonhei com essa carreira. Agora tenho mais certeza di que eu quero. Tenho propósitos na psicologia, Deus é comigo. Tenho um desejo enorme para obter conhecimento sobre o seres humanos, mais para a base de tudo temos que ter sabedoria!
    Deus abençõe todos que escolheram por essa área. Amo a psicologia e não vou me limita diante das dificuldades.
    Parabéns aos profissionais de Psicologia <3

  3. tamiris disse:

    Meu sonho fazer psicologia

  4. Michelly Almeida disse:

    Eu escolhi ser psicologa a pouco tempo mais ja estou amando td isso pois e lindo, e realmente sou mt boa pra dar conselhos e adoro ajudar..

  5. michelle disse:

    Meu sonho de ser Psicologa

  6. hellen disse:

    Primeiramente,parabéns pelo texto André Rabelo,uma bela forma de incentivar os iniciantes dessa profissao,que tao maravilhosa é.
    Eu escolhi essa profissao,pois adoro tudo que ela nos proporciona,o aprendizado que temos sobre nós mesmos e sobre o proximo,dando-nos a oportunidade de ajudar as pessoas,e de ter a cabeca mais aberta para o mundo.é uma profissao maravilhosamente digna.

  7. Antonia Idaiane Paula de Oliveira disse:

    Psicologia exige conhecimento,maturidade,e alem do mais capacidade suficiente para entender o problema do outro ,e depois de uma reflexao encontrar a soluçao do mesmo.E tenho sede e curiosidade para obter conhecimento sobre pessoas.

  8. Gabriela disse:

    Tenho dúvidas entre ( NUTRIÇÃO , EDUCAÇÃO FÍSICA , PSICOLOGIA , FISIOTERAPIA E ENGENHARIA AMBIENTAL ) acredito que são cursos muito próximos , opções que eu me interesso por ser da área de HUMANAS , me identifico mais . Desde ontem estou martelando a cabeça sobre PSICOLOGIA , tenho pesquisado muito sobre esse curso e me interessei bastante , apesar de que não tenho hábitos com a leitura , e sei que se eu fizer psicologia terei que ler muito , esses hábitos eu espero adquirir com o tempo pois estou quase decidida fazer psicologia

  9. fernanda disse:

    Olá meu nome é Fernanda fiquei muito grata em ler seu artigo tenho 37 anos sempre sonhei em fazer faculdade, mas agora que finalmente estou tendo a oportunidade, fiquei em duvidas pois passei para o curso de psicologia, mas me sinto um pouco velha para iniciar o curso, cheguei a pensar até em licenciatura para me formar mais rápido, mas VC foi a grande luz que precisava, concordo com tudo o que foi dito por VC a forma de expor esclarecer e entender o curso muito obrigada!

  10. Kelly disse:

    Psicologia minha paixão um dia chego la se Deus quiser
    #Sonho amo muito
    isso tudo me facina
    psicologia meu mundo…

  11. Texto maravilhoso, adorei me ajudou a ter ainda mais certeza em ser psicologa futuramente , obg .. ameii :3

  12. Darlene disse:

    Chorei…essa é a emoção que descreve o que senti ao encontrar esse texto casualmente navegando pela internet,procurando por outro artigo.Há duas semanas de iniciar as aulas na faculdade,ainda me encontro triste, por necessidade ter me matriculado no curso de administração.
    Estou com 27 aos e infelizmente não tive oportunidade de ter iniciado antes na faculdade.Mas dentro de mim sempre gritou a vontade de estudar o comportamento humano,partindo de mim mesma.E hoje ao encontrar esse texto,eu chorei,ao sentir ressurgindo esse meu sonho que já estava adormecido dentro de mim.Estava muito triste ao observar a grade do curso de ADM,pq sei que não me traria alegria no decorrer de 4 anos.Mas esse texto só me trouxe a certeza de que na vida vale ser feliz,acima de qualquer coisa.E isso que vou fazer,estou trocando de curso,vou seguir meu dom,só assim vou ser feliz.Obrigado.

  13. O texto é excelente, estou no 9 ano ainda, mas é bom já termos uma noção do que queremos ser quando terminar o ensino médio… Eu estava em dúvida, entre a área de psicologia ou psiquiatria, hj conv com minha professora de redação, ela me ajudou a tirar minha dúvida, e desse para pesquisar sobre as duas áreas para ter a certeza do que irei fazer… Fiz as pesquisas e sem dúvida nenhuma a área da PSIQUIATRIA…

  14. Paloma Luize disse:

    Esse texto me ajudou muito , foi ótimo , agora sim tenho ctza do que quero fazer , amo demais !! #futura_psicologa

  15. Ana beatriz disse:

    Gostei muito do texto se antes eu queria muito ser, agora muito mas depois desse texto.

  16. Thayane Cunha disse:

    Oi meu nome e Thayane tenho apenas 15 aninhos mas já sonho em ser Psicoliga pois e meu sonho ,as pessoas dizem e pq não tenho mas pais talvez seja mas desde d mas nova ,dou conselhos a amigos e eles falam nossa vc e uma excelente Psicoliga ….E acreditei em mim mesmo que sou capaz de ajudar não so meus amigos e familiares mas sim muito mas ser humanos … Obrigada pela ajuda pois mim deu mas esperança pra nunca desistir do meu sonho …!!!

  17. Matheus Ricardo disse:

    Olá, Matheus é meu nome.
    Quando entrei no Instituto Federal de Educação, ciência e tecnologia do Rio Grande do Norte, desenvolvi um senso critico muito grande, já venho a alguns meses estudando aspectos de pessoas da minha turma (comportamentos, emoções, sentimentos, motivações, ideais…), mas foi somente a duas semanas que decidi seguir na área da psicologia, logo após fazer um teste com meus amigos e amigas, foi algo simples pra testar o raciocínio, e a expressão de espanto deles ao não entender-o foi algo interessantíssimo, e depois fui buscar a explicação de tamanho espanto e foi assim que chegou até mim a sedutora e magnífica psicologia! <3

    Quero conhecer alguém com mesma idade, mas que já imagine-se no mundo da psicologia… Meu email: [email protected]
    Podem me achar também no facebook como Matheus Ricardo.
    Tenho 15 anos de idade, curso Programação de Jogos Digitais e estudo para ser psicólogo, de todos os tipos, mas principalmente comportamental.

  18. Francisco disse:

    Nossssa.
    Gostei demais desse texto e me ajudou muito, pois tomei minha decisão de fazer psicologia. Sou graduado em logistica mais não era o que eu pensava. Por isso pesquisei muito, me baseando no que gosto.

  19. Leugim disse:

    Eu tenho TOC e traços de autismo, sempre precisei de acompanhamento de psicólogo, graças à eles, hj estou incomparavelmente melhor do que estava há 3 anos atrás. Ainda continuo com problemas, é claro, vou ter essas doenças pra sempre, mas o tanto que minha psicóloga me melhorou me impressiona. Tenho apenas 14 anos, muito indeciso do que fazer quando crescer, até q um dia ajudei uma amiga com problemas, queria namorar um cara q n gostava dela, chingava ela. Ajudei ela, tanto por que estava extremamente curioso em saber o motivo de ela se interessar por um cara assim, tanto porque me mata de raiva ver babacas fazendo outras pessoas sofrerem, e também pra tentar entender melhor os humanos, eu não entendo vcs! Eu tenho raiva de humanos várias vezes também, mas após fazer oq eu acheva certo para ajudar essa amiga, ela me mandou uma mensagem falando q eu tinha ajudado muito ela, q a vida estava melhor. Daí eu senti muita vontade de ajudar mais gente dessa maneira, conversando e analizando a pessoa. E é por isso, q apesar de ter TOC, traços anti sociais e pensamentos de maníacos (sim, apesar de querer o bem para as pessoas eu penso em coisas cruéis) que eu resolvi pesquisar mais sobre psicologia, q além de me permitir fazer a felicidade dos outros (coisa q eu sempre quis) vai me permitir entender melhor vcs, humanos, e até manipular vcs um pouquinho… Muahahaha!!!
    Mas eu quero ajudar, nada dê maldades!

  20. conceição neves disse:

    Qualquer comentário será pouco para o esclarecimento dado estou, maravilhada. Comigo agora é “Partiu vida nova ” com Psicologia é claro

  21. conceição neves disse:

    Acabei de decidir é o que estou precisando td de bom

  22. Kris disse:

    Sou estudante de psicologia, porém tive muita dificuldade com as aulas práticas de neuroanatomia, me senti confusa e tranquei o curso, sinto uma paixão imensa só de ouvir a palavra PSICOLOGIA, mas me sinto amedrontada e acho que tenha relação com a experiência que tive. A verdade é que eu não sei mais o que deveria fazer, vejo o tempo passando e eu me desespero por amar algo, e ter tantas dúvidas. Preciso de ajudaa :sss

  23. Iraceli T de lira disse:

    Amei o texto de vcs,tenho muito interesse de conhecer o ser humano.gosto muito de olhar para alguem e dizer esse fulano muito amoroso.Tenho prazer em ouvir alguem,nao gosto de ver alguem triste.E procuro por meio da conversa deicha esse alguem feliz.

  24. Iraceli T de lira disse:

    Amei o texto de vcs,tenho muito interesse de conhecer o ser humano.gosto muito de olhar para alguem e dizer esse fulano muito amoroso.Tenho prazer em ouvir alguem,nao gosto de ver alguem triste.E procuro por meio da conversa deichar esse alguem feliz.

  25. Iraceli T de lira disse:

    Amai o texto de vcs .Me fez ter mais curiosidade sobre o ser humano.Somos seres maravilhiosos,

  26. …..incrível….simplismente incrível…estava procurando uma resposta pra minha dúvida e justamente esse texto foi fundamental…esse texto superou minhas expectativas….que bom que existem pessoas disposta a ajudar as dúvidas alheias

  27. raimunda passos disse:

    amei vou mim tornar uma pisigologa

  28. Valéria disse:

    Sempre quiz trabalhar na área da saúde.E escolhi psicológia não estou cursando o curso ainda mas quero muito, muito mesmo i acada coisa q eu leio sobre a profissão m apaixono mais !!❤❤

  29. Natália disse:

    Tenho 15 anos e já sonho com a psicologia .
    Ameiii o texto . Muito bacana .

  30. Joel Fernandes disse:

    Excelente texto. Começo a estudar psicologia no ano quem vem (2016). Estou muito ansioso e com muita vontade de estudar a psicologia. Espero que de tudo certo ao longo desse período de 5 anos.

  31. Samara Souza De Jesus disse:

    ERA TUDO COMO EU IMAGINAVA,TENHO A PLENA CERTEZA QUE É O QUE EU QUERO, PSICOLOGIA.

  32. Elton john disse:

    É uma profissão q mal conheço mas já estou amando obg pelo testo que tanto me espiro..

  33. Elton john disse:

    É uma profissão q mal conheço mas já estou amando obg pelo texto que tanto me espiro..

  34. nathalia disse:

    psicólogia pra mim, é a melhor profissão ajuda as pessoas a terem alto controle de sí msm realmente uma profissão linda ajuda o ser humano lidar com as dificuldades é nós ajuda a vencermos nos msm todos os dias !

  35. Leislaine Rocha disse:

    Tenho apenas quinze anos e meu sonho e ser psicóloga e encontrei esse texto na qual me apaixonei e agora eu tenhais vontade de me formar

  36. Mateus disse:

    Na verdade mais curioso e consigo entender a melhor profissão.
    Faz anos que passo com uma e nunca olhei para esse lado até chorei quanto é importante ter anjos piscícologos eu tomei coraja pra escrever. E agradecer a Jah Rastafári .

  37. Larissa Souza disse:

    Olha, eu não sabia o que eu queria pra mim neste dia de hoje! Mas, é como se algo dissesse pra mim, que é isso que eu queria o tempo todo, ser psicóloga! Agora eu entendo porque faço tantas coisas, meu mundo tem que ser a psicologia. Depois desse texto, eu não tenho mais dúvida nenhuma!

  38. Natalie targino Martins disse:

    Amei o texto serviu de insentivo sou apaixonada pela psicologia se Deus quiser um dia eu chego la!!

  39. Ana tavares disse:

    Eu adoro ajudar os outros psicologicamente. Todas as pessoas dizem que tenho muito geito para ser psicolga so que nao sei os estudos que devo fazer. Como vou fazer

  40. joao passos disse:

    Nunca pesei em outra profição à não ser piscologo!Meu sonho.

  41. Daniela disse:

    Adoreii toda sua explicacao,tenho um grande desejo decser psicologa ,tentar entender o porque de uma pessoa praticar ou agir de tal forma seria um enorme acontecimento na minha vida,admiro quem consegue compreender o pensar de uma pessoa sem julga-la …Eu já gostava mtu agora estou amando com td certeza é uma profissão Bela i Muito Bonita

  42. Geucilene Alves disse:

    Simples amei o texto!
    Amo psicologia e quero isso para minha vida.
    Quando se ama, não há esforço que pague, é um prazer!
    #psicologia_por_amor

  43. MONICA RIBEIRO DA SILVA disse:

    BOA NOITE, TODAS AS PROFISSOES TEM SEUS ALTOS E BAIXOS

  44. MONICA RIBEIRO DA SILVA disse:

    O grande desafio do mercado de trabalho é fazer o diferencial como ser humano, e estudar psicologia nao requer apenas a vontade de se ter uma graduação e sim amor pela profissao. Sempre tive vontade de fazer psicologia desde a época do colegial onde tinha aulas de psicologia e eram as aulas que mais me encantavam. hoje com 33 anos ainda nao tive a aoportunidade de realizar meu sonho, porem o desejo ainda permanece vivo e crescente dentro de mim. hoje tenho condiçao para fazer uma faculdade e sem duvida alguma farei psicologia, nao me vejo fazendo outra coisa que nao seja , cuidar, ouvir, tratar, e entender minhas proprias mazelas e defeitos.AMO PSICOLOGIA.

  45. Bruna disse:

    Gostei muito do que li agora, apesar das dificuldades para ser um psicologo, nenhuma profissão é perfeita…
    Obrigado pela ajuda, estava meia confusa sobre qual profissão escolher, agora mais do nunca, eu sei como quero passar os dias da minha vida!!!

  46. Caroline disse:

    Depois de ler isso, eu tenho mais certeza que é isso que quero para o resto da minha vida! Obrigada!

  47. Ricardo disse:

    No texto faltou dizer da frieza dos psicólogos. Grande parte deles se sente convencido que tem a resposta certeira sobre o problema do paciente.

    Psicólogos na verdade sequer entendem sobre si mesmos e querem orientar a vida alheia. A própria pessoa pode estudar e adquirir inteligência emocional,e por isso mesmo não precisa de psicólogo.

  48. Cléusio Botas disse:

    Muito grato estou pelas dicas todas. Meu sonho sempre foi ser um grande psicólogo, mas confesso que ficava na dúvida, logo no princípio, pois bem, graças a Deus hoje sou apaixonado pr este curso. Amo que amo ser Psicólogo. Abraços

  49. Eliane disse:

    Meu nome é Eliane, tenho 48 anos, sempre sonhei em fazer psicologia
    Mas agora pretendo realizar este sonho,mas tenho medo de encontrar muitas dificuldade pelo tempo que parei de estudar e pela própria idade que a cabeça já não ajuda tanto….
    preciso de ajuda!!!
    Abraço

  50. Lilica disse:

    Leugim, vc se refere a “vocês humanos”? Por quê? Vc não é humano?

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM