Como se fosse a primeira vez (vídeo)

38_teaser_memória

Já parou pra pensar como seria viver sem a capacidade de memorizar as coisas? No vídeo de hoje, falaremos sobre o que são memórias, como novas memórias são formadas e como essa capacidade pode impactar nossas vidas. Veja o vídeo abaixo (ou aqui).

Referências recomendadas

Baddeley, A. D. (1999). Essentials of human memory.UK: Psychology Press

Esse é considerado um dos livros mais clássicos e importantes sobre a memória humana até hoje em dia. No livro, Baddeley sintetizou em uma escrita muito fluída e didática o que anos de pesquisa sobre memória haviam relevado até aquele momento. Ele  foi uma base muito importante para redigirmos o nosso roteiro. 

Anderson, J. R. (2004), Psicologia cognitiva e suas implicações experimentais (5a. Ed.). São Paulo: Editora LTC.

Aqui no Brasil, esse talvez seja um dos melhores e mais usados livros didáticos sobre psicologia cognitiva. Muitos dos capítulos desse livro lidam diretamente com diferentes aspectos da memória, bem como de outros processos cognitivos, tais como percepção e atenção.

Sternberg, R.J. (2010). Psicologia cognitiva (5a.ed.). São Paulo: CENGAGE.

Também vale citar esse livro que, junto com o do Anderson, é um dos livros mais usados e mencionados atualmente e felizmente já conta com a tradução para o Português da sua última edição. Dois livros ótimos para quem quer se aprofundar na compreensão da memória!

Schacter, D. (2003). Os sete pecados da memória: Como a mente esquece e lembra. São Paulo: Editora Rocco.

Também não podia deixar de citar esse excelente livro de Daniel Schacter, professor de psicologia cognitiva da Universidade de Harvard, no qual ele fala de várias coisas esquisitas que acontecem com as nossas memórias, tais como os fenômenos de bloqueio, o poder da sugestão e amnésia.

Observação (10/06/2015): Saiu recentemente uma matéria no famoso jornal The New York Times sobre as formas mais eficazes de tratar a insônia (para ler, clique aqui). Parece que, quando olhamos para as evidências em si, a conclusão é que os medicamentos, embora sejam a forma mais procurada e usada para lidar com a insônia, não são necessariamente a melhor escolha a longo prazo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Discussão - 1 comentário

  1. Gostei do vídeo!

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM