Fim dos likes no Instagram: Qual será o impacto psicológico? (vídeo)

242_thumb_instagram

O Instagram ocultou a quantidade de likes que aparece publicamente. Que consequências psicológicas podem ser esperadas a partir de agora dentro dessa rede social? Duas teorias psicológicas podem ajudar a entender isso: a teoria do sociometro e da comparação social. Você pode ver o vídeo de hoje abaixo ou clicando aqui.

Aqui vai um pouco do começo do vídeo: Likes nas redes sociais são interpretados por muita gente como feedbacks sobre a própria reputação. Mas por que será que esses feedbacks podem fazer você se sentir bem ou mal? A teoria do sociometro ajuda a entender isso. Ela propõe que a autoestima é um tipo de termômetro social que reflete o quanto você percebe que é bem visto e querido por outras pessoas. Se você se sente apreciado pelos outros, sua autoestima tenderá a ser maior. Uma das principais funções da autoestima então seria a de sinalizar o quão bem você está indo nas suas relações sociais. Esse seria um dos motivos pelos quais as pessoas costumam se sentir mal quando são criticadas, rejeitadas ou ignoradas por outros. Antes das redes sociais, as pessoas recebiam esses feedbacks durante suas interações presenciais com outros e de maneira mais privada. O advento das redes sociais levou isso para um novo patamar muito mais regular e público.

Referências recomendadas

Você vai poder encontrar várias referências sobre Instagram, Facebook, a psicologia por detrás das redes sociais e algumas outras coisas nos links a seguir: link, link, link, linklink, link, link, linklink, link, link, linklink, link, link, linklink, link, link, linklink, link, link.

Como emagrecer com ajuda da psicologia?

241_thumb_emagrecer

Muita gente sofre para manter um peso saudável, mas sem se atentar para os processos psicológicos que facilitam ou dificultam o controle do peso, pode ser muito mais difícil. Hoje daremos algumas dicas de como a psicologia pode te ajudara a emagrecer. Você pode ver o vídeo de hoje abaixo ou clicando aqui.

Aqui vai um trecho do incío do vídeo: A maioria das pessoas falha miservavelmente na tentativa de emagrecer e manter o seu emagrecimento. Eu sou o André, doutor em psicologia e hoje vou dar algumas dicas de como você pode melhorar a sua saúde física com a ajuda da psicologia. A obesidade tem se tornado cada vez mais comum em diferentes lugares ao redor do mundo por 2 principais motivos: maior ingestão de calorias e sedentarismo. Existem muitos outros fatores envolvidos na obesidade e podemos falar melhor disso em outro vídeo. Comenta aqui embaixo se quiser que a gente fale disso e aproveita para se inscrever aqui no canal também! Pessoas obesas possuem maior risco de desenvolver diferentes doenças, tais como doenças cardiovasculares, que podem predispô-las a incapacitações graves e mortes prematuras. Por isso, identificar tratamentos efetivos pode salvar muitas vidas. Alguns dos tratamentos mais conhecidos são dietas e cirurgias. Ambos tendem a facilitar a perda de peso a curto prazo para algumas pessoas, mas vários estudos já evidenciaram que a perda de peso a longo prazo é difícil para maioria das pessoas.

Referências recomendadas

Aqui vão algumas ótimas referências sobre obesidade, saúde, dietas e emagrecimento. Certifique-se também de conferir os vídeos que inserimos nos cards do vídeo de hoje, todos eles tem muito a ver com os assuntos que abordamos no vídeo: link, link, link, linklink, link, link, linklink, link, link, linklink, link, link, link, link, link, link, linklink, link, link, link.

O que são antidepressivos? (vídeos)

240_thumb_antidepressivos

Você já ouviu falar de antidepressivos, tais como a Fluoxetina ou a Sertralina? Muita gente tem usado esse tipo de medicamento e hoje veremos um pouco sobre o que eles são e como podem te afetar. Você pode ver o vídeo de hoje abaixo ou clicando aqui.

Aqui vai uma prévia do começo do vídeo: antidepressivos são medicamentos muito utilizados no tratamento da depressão, mas, sob certas condições, também podem auxiliar no tratamento de outras condições envolvendo dificuldades com ansiedade, insônia e dor crônica, por exemplo. Existem diferentes grupos de antidepressivos, tais como os tricíclios, tetracíclicos, inibidores da monoaminoxidase, inibidores seletivos da recaptação de norepinefrina, dopamina ou serotonina. As pesquisas existentes indicam que todos tendem a possuir uma eficácia semelhante. As principais diferenças são a maneira como cada um afeta o cérebro e os efeitos colaterais que cada um pode causar. Os inibidores seletivos de recaptação da serotonina são os mais usados atualmente, tais como a Fluoxetina, a Sertralina e o Citalopram. A grande vantagem deles é que tendem a causar menos efeitos colaterais em muitas pessoas.

Referências recomendadas

Vou incluir aqui várias referências sobre medicamentos psiquiátricos e antidepressivos que são bem recomendáveis para quem se interessa mais por esse assuntos: link, link, link, linklink, link, link, link, link, link, link, linklink, link, link, linklink, link, link, linklink, link, link, linklink, link, link, linklink, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM