Congresso Mundial de Cérebro, Comportamento e Emoções

World Congress on Brain, Behavior and Emotions

World Congress on Brain, Behavior and Emotions

Divulgo aqui um congresso muito importante que ocorrerá em São Paulo no mês que vem. É o World Congress on Brain, Behavior and Emotions (Congresso Mundial de Cérebro, Comportamento e Emoções)que acontece de 26 a 29 de junho de 2013, em São Paulo, com sua segunda edição prevista para os dias 6 a 9 de abril de 2014, em Montreal no Canadá.

O congresso terá quatro dias de atividades intensas, reunindo os mais importantes nomes das áreas envolvidas nas relações entre mente e cérebro. A programação científica integra a ciência à área clínica, proporcionando uma interface entre as especialidades de neurologia, psiquiatria, neurocirurgia, neuropsicologia, psicologia, geriatria, sono e neurociência básica, promovendo um debate interdisciplinar sobre inovações tecnológicas, estudos e controvérsias, sendo uma boa forma de se atualizar na área.

Nesse ano, o evento conta com participação de mais de 150 conferencistas ilustres de diversas partes do mundo, como os pesquisadores Adrian Raine, Andres Lozano, Antoine Bechara, Eurípedes C. Miguel, Gustavo Turecki, Hanna Damasio, Howard Steiger, Ivan Izquierdo, Jaderson C. da Costa, Jair Mari, Jorge Moll Neto, Ley Sander, Paulo Caramelli, Ricardo Nitrini, Richard E. Tremblay, Roger Mcintyre, Stephen Suomi, Valentim Gentil e como convidado especial o neurocientista Antonio Damasio (sim, o Antonio Damasio mesmo!). Os principais pesquisadores brasileiros da área também estarão presentes no congresso, como o Vitor Haase (que já foi entrevistado aqui no blog). Esse congresso é uma ótima oportunidade, espero poder encontrar alguns de vocês por lá! Para mais informações sobre o congresso, consulte o site aqui e a página do facebook do evento.

Psicologia Brazuca: Mônica, a neuropsicologia e o TDAH

Mônica C. Miranda é pesquisadora pela Associação Fundo de Incentivo à Pesquisa (AFIP), formada em Psicologia pela Universidade São Marcos e possui Mestrado e Doutorado em Psicobiologia pela Universidade Federal de São Paulo. É orientadora do Programa de Pós-Graduação em Educação e Saúde e Pesquisadora do Depto de Psicobiologia da Universidade Federal de São Paulo. Coordena o Núcleo de Atendimento Neuropsicológico Infantil Interdisciplinar (NANI) do Centro Paulista de Neuropsicologia. Mônica é também uma das autoras do livro Neuropsicologia do Desenvolvimento: conceitos e abordagens, publicado em 2006. Além disso, ela também é uma das organizadoras do livro Neuropsicologia do Desenvolvimento: Transtornos do neurodesenvolvimento, que será publicado em outubro de 2012 pela Editora Rubio. Nesta entrevista, a Mônica ofereceu a sua perspectiva, enquanto uma profissional da área, sobre as recentes polêmicas envolvendo o Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH), além de comentar sobre os seus projetos de pesquisa. Façam bom proveito!

Continue lendo…

Pessoas com tetraplegia conseguem controlar braço robótico pela mente

Pela primeira vez em 15 anos, Cathy Hutchinson foi capaz de tomar novamente o seu café matinal por conta própria, embora ela ainda não tenha recuperado o movimento pleno das pernas ou dos braços. O que permitiu este feito foi o uso das tecnologias mais avançadas atualmente de interface entre o cérebro e as máquinas. Cathy usou apenas o seu pensamento para controlar um braço robótico capaz de pegar o copo e levá-lo até a sua boca. O vídeo acima mostra Cathy manuseando o braço e o relato dos cientistas envolvidos no projeto.

ResearchBlogging.orgEsta foi a primeira demonstração que indivíduos com tetraplegia de longa data podem ser capazes de manusear um braço robótico a partir dos sinais neurais emitidos por uma região específica do seu cérebro, relacionados à sua atividade mental. Esta grande realização foi relatada em um artigo na revista Nature esta semana. No estudo, duas pessoas com tetraplegia de longa data e sem treinamento prévio foram capazes de realizar com sucesso movimentos tridimensionais com um braço robótico.

Continue lendo…

Sacks: O que alucinações revelam sobre a mente

O olhar da mente

Alucinações são fenômenos psicológicos intrigantes que têm ocupado a atenção e os esforços de psiquiatras e psicólogos por muitos anos. Elas fazem parte do cotidiano de muitas pessoas, sendo que muitas delas temem reconhecer publicamente suas experiências com medo de serem taxadas de “loucas”. Mas será que este tipo peculiar de fenômeno pode nos ajudar a entender como a mente funciona? Para Oliver Sacks, um médico popularmente conhecido pelo seu trabalho de divulgação científica, as alucinações podem revelar informações importantes sobre o funcionamento cognitivo.

Na palestra do TED acima, Sacks descreve alguns casos impressionantes de pacientes com alucinações visuais, relatados também em seu último livro, publicado em português há pouco tempo atrás, O olhar da mente. Sacks enfatiza que alucinações visuais são um fenômeno comum e descreve que em alguns quadros onde ocorre a perda de visão gradativa, pode haver uma hiperativação de áreas do cérebro relacionadas ao processamento visual que, por fim, pode resultar em alucinações.

Após fazer uma descrição de vários avanços que foram feitos na compreensão de como o cérebro processa informações visuais e de como estruturas neurais altamente específicas estão envolvidas no processamento de determinados aspectos visuais, Sacks reafirma a importância em reconhecer que ninguém sofre necessariamente de um transtorno grave por viver este tipo de experiência e o quanto o nosso conhecimento sobre estes fenômenos tem permitido insights importantes sobre “como o teatro da mente pode ser gerado pela máquinaria do cérebro.” Na palestra exibida no site do TED, é possível optar pela legenda em português. Ao final da palestra, Sacks confessa que também vivencia regularmente alucinações visuais, provavelmente resultantes das suas deficiências visuais.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM