Cinco coisas muito úteis para a sua vida acadêmica

ampulheta tempo trabalho

Perca menos tempo usando as coisas certas!

Tempo é um recurso muito valioso e escasso. Na academia, não é diferente. Saber economizar tempo pode fazer toda a diferença, e uma boa organização costuma ajudar a economizar muito tempo. É por isso que no post de hoje vou compartilhar com vocês ferramentas gratuitas que existem na internet que vão te ajudar a economizar tempo e organizar as suas coisas (o que fará você economizar mais tempo).

Essas ferramentas são úteis para qualquer pessoa, independente do seu nível de envolvimento com a academia, mas especialmente pessoas envolvidas com atividades acadêmicas podem se beneficiar bastante delas. Muitas dessas ferramentas não são novas, mas muita gente ainda não as conhece, então aqui vão as cinco ferramentas que podem poupar muitas horas da sua vida!

Continue lendo…

Resultados de replicação colaborativa em psicologia são otimistas (mas nem tanto)

champagne-glasses-162803_1280

Será que os psicólogos já podem comemorar? Só um pouquinho (Foto: Pixabay).

Vem chegando o clima natalino, as festas de ano novo, os fogos de artifícios… mas os psicólogos ao redor do mundo andavam meio para baixo nos últimos meses… sem muitos motivos para comemorar. Isso porque diversas polêmicas acerca da falta de replicabilidade de pesquisas na psicologia e casos envolvendo fraudes em publicações andaram manchando a imagem da área e levantando suspeitas acerca das suas pesquisas (para saber mais sobre isso, ver aqui e aqui). Mas os resultados que acabam de ser divulgados do projeto de replicação ManyLabs (“vários laboratórios”) indicaram que talvez a coisa não seja tão ruim quanto alguns pensaram (e afirmaram). Por isso, agora os psicólogos podem preparar as suas champanhes para o fim do ano e comemorar (só um pouco)! Mas então o que é o tal do projeto e o que ele mostrou?

Continue lendo…

Replicação na psicologia: Uma entrevista com Brian Nosek

Imagem retirada do blog Not Exactly Rocket Science

Imagem retirada do blog Not Exactly Rocket Science

Recentemente, a psicologia tem sido colocada a teste por um número crescente de cientistas na sua área. Eles querem saber o quão realmente replicáveis são os seus resultados, considerando a dificuldade que muitos deles tem vivido ao tentar repetir os procedimentos dos seus colegas e encontrar as mesmas coisas.

Liderando este movimento, o professor Brian Nosek da Universidade da Virginia tem conduzido o Open Science Framework (OSF), uma iniciativa que tem como objetivo produzir dados sobre a replicabilidade de pesquisas recentes na psicologia. E é com uma grande honra que hoje eu trago a vocês uma entrevista exclusiva com o próprio Brian Nosek que, apesar da sua agenda totalmente lotada, gentilmente aceitou responder a algumas perguntas sobre os seus esforços entusiasmados em investigar perguntas ainda não respondidas sobre o valor das pesquisas recentes na psicologia.

Continue lendo…

Adversários precisam cooperar

No vídeo acima, o psicólogo Daniel Kahneman propõe que cientistas adversários deveriam cooperar pelo bem da ciência e deixar de lado seus destemperos. Kahneman chamou a atenção da mídia mês passado, com direito a aparição na revista Nature, por ter enviado um email a um grupo de pesquisadores convocando-os a cooperarem para mostrar ao público e à comunidade acadêmica a robustez dos seus resultados (se quiser entender um pouquinho mais sobre isso, leia aqui).

Ele defendeu enfaticamente a necessidade de lidar com os problemas de maneira cooperativa entre pesquisadores que discordam entre si como uma das poucas maneiras de recuperar a credibilidade de determinadas linhas de pesquisa, abaladas por recentes tentativas de replicação de estudos mal sucedidas. Em outras palavras, Kahneman pediu que a solidez dos fenômenos fosse testada colaborativamente entre pesquisadores que discordassem em pontos cruciais, garantindo assim maior confiança no resultado final de uma eventual colaboração. Me parece que a ênfase do professor pode recompensar muitos esforços na psicologia se for considerada seriamente, já que o acompanhamento de perto de pesquisadores críticos em relação a um fenômeno pode diminuir os vieses inconscientes que poderiam influenciar os resultados de uma replicação de estudo conduzida pelos pesquisadores que encontraram o resultado original. A proposta não é um remédio completo para o problema, mas certamente já acrescentaria mais um nível de rigorosidade aos achados subsequentes.

Peço desculpas, mas eu não sei inserir legendas em vídeos. Entretanto, eu ofereço aqui a tradução da transcrição da fala de Daniel Kahneman. Se algum bom samaritano quiser inserir as legendas e nos enviar o vídeo legendado, ficarei agradecido! Segue a transcrição traduzida:

Continue lendo…

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM