Desafio #ten23 – overdose homeopática: vídeo-diário

Ontem, às 10:23h, eu ingeri 200 pílulas de arsênico homeopático numa diluição de 30CH, o que, segundo os homeopatas, deveria ter me matado em poucos minutos.

Mas isso eles disseram antes do ato, quando ainda estavam na fase das ameaças veladas e tentando criar medo. Depois, quando eles perceberam que os participantes sabiam da nulidade de efeitos negativos e iriam em frente de todo jeito, eles mudaram de ideia e disseram que temos que dar mais dinheiro para a indústria homeopática tomando as preparações por muitos e muitos anos para termos sucesso no nosso suicídio.

De superdosagem de vida, aparentamente.

Fica cada dia mais claro que homeopatia, além de matar, também emburrifica.

Eu e Jairo, do Um deus em minha Garagem, tomamos a suposta medicação enquanto o processo era filmado. O vídeo pode ser visto neste link.

Em seguida, ainda no shopping, iniciei um vídeo-diário para registrar qualquer efeito colateral causado pela extraordinariamente imensa quantidade de nada que eu tomei. Abaixo vocês podem acompanhar minha saga, em nove vídeos (mas calma, nenhum tem mais de cinquenta segundos).

Meia hora depois, o primeiro sintoma surge:

Uma hora e meia após a overdose, volto um pouco ao normal:

Continuando meu passeio pelas minhas lojas favoritas do shopping, ainda sem reações adversas:

Três horas depois, detecto os primeiros efeitos (talvez):

Quatro horas mais tarde, preciso repor alguns suprimentos, mas nada de urgente:

Em seguida, ao chegar em casa e tirar os tênis, noto a primeira manifestação das pílulas mágicas:

Bem depois, outro sintoma da minha não-reação ao nada que é a homeopatia:

Exatamente doze horas após a ingestão das 200 píulas de arsênico (que no mundo real é um semimetal extremamente tóxico) homeopático (que no mundo das fadas e duendes é um remédio extremamente potente), sou surpreendido por mais uma enxurrada de absolutamente nada:

Finalmente, hoje pela manhã, a última entrada no meu vídeo-diário cobrindo vinte e duas horas de extremo sofrimento e provação:

E agora, vinte e quatro horas depois, publico este artigo para mostrar o quão morto eu não estou.

Amigos homeopatas, agora fica a cargo de vocês provarem que eu morri.

Boa sorte com isso, apesar de ser mais fácil que provar que homeopatia funciona…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Discussão - 9 comentários

  1. Rodrigo disse:

    A idéia do protesto é muito boa e realmente atraiu atenção para a questão do absurdo que é a homeopatia e o conceito de potencialização através de ultra-diluições e toda a idéia de “memória da água”. O pior é que mesmo que algo assim existisse não existiria uma racional de dosagem minimamente coerente.
    Não existe, até onde sei, nenhuma análogo da curva dose-resposta (só que aumentando a resposta com a diminuição da dose e a diminuição da probabilidade de se encontrar qualquer molécula bioativa original na preparação)da farmacologia tradicional. O treco é tão sem sentido que nem dá para eles falarem de dose tóxica ou overdose.
    O protesto, ao induzir a torrente de desculpas esfarrapadas dos homeopatas, ajudou a mostrar a verdadeir acara dessa sandice.
    Abraços,
    Rodrigo

  2. Pedro Almeida disse:

    cara
    morri de ri aqui dos videos.
    bem comico
    abraço

  3. Paulina disse:

    Um dos efeitos colaterais da overdose de homeopatia parece ser uma epidemia de gargalhadas.
    Tenho certeza que a ANVISA vai obrigar incluírem isso nas bulas.

  4. Caro Igor,
    Você deveria fazer uma música:
    Dez à vinte e três, dez à vinte e três
    Minhas queridas moléculas.
    Onde estão vocês?
    Estão diluídas demais
    A ponto de não estarem mais presentes
    E, de mais a mais,
    Ainda deixarem todos doentes.
    Dez à vinte e três, dez à vinte e três
    Minhas queridas moléculas.
    Onde estão vocês?
    E por aí vai…
    Cara, a camiseta do SBBr ficou ótima em você. A minha ficou pequena :-(
    abraço (em Natal, por 1 semana)
    Roberto

  5. Paula disse:

    Até na loja de lingerie??? hahahaha

  6. Fernanda David disse:

    Igor, ótimo blog o seu. Fiquei impressionada como discute com maestria coisas que penso igualzinho, embora sem o mesmo brilhantismo. Rs…Parabéns!
    Rasgação de seda feita, tenho que dividir isso: Lendo o link que você disponibilizou para a página da Folha.com sobre a reação dos charla…ops, homeopatas, ao saberem do protesto que ocorreria em São Paulo contra tal prática insana, morri de ri com a reportagem. Em particular, 02 piadas ótimas me chamaram a atenção:
    1. Eliete Fagundes (coordenadora do curso de homeopatia da Universidade Federal de Viçosa (MG): “Em primeiro lugar, queremos mostrar que temos material da universidade, como teses de doutorado e mestrado, que provam a eficácia da homeopatia em plantas. Se age nas plantas, não tem como não agir no ser humano.”
    Interessante! Eu, por exemplo, tomo sol toda manhã para garantir o meu processo de fotossíntese. Depois uso o meu creminho de adubo para reavivar a pele. Uma beleza! Deve também ser uma beleza a qualidade dessas teses e dissertações…Me embolei de rir. Humor de graça assim não é todo dia que se acha.
    A outra pérola:
    2. Ela acredita que pode haver multinacionais da indústria farmacêutica por trás dos protestos. “Quem tem interesse em derrubar a homeopatia são os grandes laboratórios. Mas não temos como provar.”
    Claro que há! Do mesmo jeito que há alienígenas sobrevoando a minha cidade toda quinta-feira de noite às 21:33h. E eles querem dominar o planeta! Mas não tenho como provar.
    Por que será que todo mundo adora uma teoria da conspiração?? Me divirto…

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Categorias

tempo

fevereiro 2011
D S T Q Q S S
« jan   mar »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728  

espaço

Locations of visitors to this page

desfrute e compartilhe

Creative Commons License
Esta obra de Igor Santos é licenciada sob Creative Commons by-nc-sa.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM