Ditadura surda

Só não vê quem não quer[1]! estamos passando por uma revolução no modo de pensar, de agir e, principalmente, de ouvir! Querem criar uma surdocracia!

Querem tomar minha liberdade de ouvir, é flagrante o desrespeito para com aqueles que escolheram o caminho da audição. Já vários programas na TV Educativa que é DO GOVERNO aparecem com uma pessoa no canto afrontando meus direitos, fazendo gestos e sinais de mão impróprios para qualquer horário e que deveria ser proibido sob pena de cadeia!

Minha família já não assiste mais TVE nem TVU (que retransmite o programas da primeira) e sei que meu filho nunca vai escolher ser surdo, mas e se o governo do PSPT querer ensinar isso na escola? E chamando de “inclusão”. Cadê meus direitos de ouvinte?

Nem a democracia escapa das garras dessa ditadura imposta pelo PSPT, agora tem legenda até em horário político, que é pago com o meu dinheiro e o seu. Toda novela agora tem closed caption e até nos jornais em horário nobre já estão fazendo legendas ao vivo, sem edições. Quem controla isso? O legendador escreve o que quiser e ninguém vai poder fazer nada, daqui a pouco as “redes sociais” vão forçar até o Youtube a ter legendas!

Diga não a esse tolhimentos dos nossos direitos! Denuncie!

Esses liberais sempre se achando superiores querendo empurrar garganta abaixo sua visão distorcida de mundo. Os ouvintes são maioria, ouvir é o normal. Até um tempo desses não existia surdo, mas agora parece que virou moda e tenho certeza de que alguns jovens escolhem ser surdos só de safadeza, para romper com a boa sociedade que os criou sob a moral da audição perfeita.

Talvez para ganhar a Bolsa Surdo, que o PSPT certamente vai criar, não é?

Não tem escrito em Levítico 19:14 que os surdos devem temer a deus?

E logo em seguida, Levítico 21:16-18 nos avisa: “Disse ainda o Senhor a Moisés: ‘Diga a Arão: Pelas suas gerações, nenhum dos seus descendentes que tenha algum defeito poderá aproximar-se para trazer ao seu Deus ofertas de alimento. Nenhum homem que tenha algum defeito poderá aproximar-se: ninguém que seja cego ou aleijado, que tenha o rosto defeituoso ou o corpo deformado.'” Por que então essas pessoas fazem questão de escolher ter um defeito só para aparecer? Só podem estar com raiva de deus!

Por que devemos nos associar com esse tipo, quando até mesmo Jesus, o maior otorrino que já existiu, chama os surdos de “espíritos imundos” em Marcos 9:25? Surdez é uma abominação!

Mas devemos odiar o pecado, não o pecador, portanto vamos tratar essas pessoas que se desviaram de Jesus e escolheram a surdez. Isaías 43:8 já nos diz que surdez tem cura, basta trazer essas pessoas ao Criador!

Eu que fui criado na única doutrina verdadeira (e por isso sei que ela é a única verdadeira), a da audição, não quero isso na minha cultura. Quero ter o meu direito de ouvir preservado! Mas não tem ninguém para defender o meu Orgulho Ouvinte! Só fazem piadas de nós que nunca tivemos nenhuma vantagem na vida por sermos homens brancos, de classe média, católicos e ouvintes.

[1] – E daqui a pouco vão querer tirar também a minha visão. Será que vão querer lançar o Kit Cego?

Atualização em 02/12/12

Se você chegou até aqui com uma indignação insuportável achando que só a fogueira me é apropriada, saiba que você não faz parte do público para o qual escrevo, que costuma ser um pouco mais perspicaz e, sem dúvida alguma, infinitamente mais questionador. Se você está lendo isto soltando fogo pela venta, eu sinto muito, porque um ódio dessa magnitude só é possível naqueles que concordaram com partes do texto porém se sentiram vitimados pelo uso específico da palavra “surdo” e não possuem capacidade de abstração suficiente para notar a ironia e o sarcasmo que escorrem pelas palavras que escrevi.

Sim, se você acha que eu realmente tenho algo contra surdos você foi freudianamente traído pelo seu próprio preconceito. Troque o “surdo” por “gay” ou “negro” ou “mulher” ou “judeu” ou “que abortam” e, depois de se identificarem, vejam exatamente a mensagem que quis passar – ingenuamente achando que ia conseguir fazer vocês refletirem acerca de suas ideias e ver como eles são cretinas.

Da próxima vez que tiver nojo de um gay, medo de um preto ou subestimar uma mulher, lembre deste texto e note como sua mente guarda conceitos absurdos e idiotas, sem o mínimo de lógica ou razoabilidade.

E, aos que passiva-agressivamente disseram ter pena de mim ou mal se contiveram ao me mandar procurar tratamento, eis aqui uma dica para a vida: antes de irracionalmente se tremerem de ódio, questionem. Pois é justamente essa mania de agir sem pensar e engolir sem questionar que cria pessoas preconceituosas auto-engrandecidas.

Largue a bíblia e vá ler Steven Pinker. Mas calma, os livros dele têm ilustrações.

Eu nem queria escrever esta parte mas parece que não subestimei as pessoas o suficiente…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Discussão - 91 comentários

  1. Milene disse:

    Creio que não entendi muito bem o propósito do seu post..

  2. EltonBM disse:

    E assim o círculo se completa. Me lembrou um vídeo do Clarion usando Hitler como exemplo. Belo tema! Ou melhor, não é belo, fas foi bem mostrado aqui.

  3. misterkey disse:

    Post ridículo.

    Isso é alguma piada? Algum tipo de ironia?

    Se é, não foi nada engraçado nem inteligente, isso inclui os posts anteriores.

    • Igor Santos disse:

      É incrível ver como sua lógica funciona. “Eu não entendo isto, logo, é ruim. Bem como tudo que veio antes.”
      Especialmente por você continuar lendo meu blogue. Você continua sustentando o “só leio porque está no meu feed”?

      E falando em ironia, é sempre um prazer ter alguém tão inteligente quanto você por aqui.

  4. Marcelo crespo disse:

    Mas qual é exatamente o problema das legendas (closed captions) e das pessoas no canto?

    No caso das legendas você pode simplesmente desativá-las. E elas ainda auxiliam pessoas de outros países, que ainda não dominam fuentemente a língua a compreender melhor o que é dito

    Já as pessoas no canto, penso que se pudessem ser desativadas o problema estaria resolvido .

  5. Meire disse:

    Pena que algumas pessoas não conseguiram alcançar a profunda crítica social mostrada pelo post e que traduz com precisão como cerca ‘casta’ pensa e como trata algumas minorias.
    Quem não alcançou ou não tem a menor ideia de onde está (oi, você está em um blog chamado 42.) ou não sabe interpretar textos ou não tem capacidade de abstração ou faz parte da casta mentalmente engessada e que raciocina justamente do mesmo jeito daquilo que acredita estar refutando.
    Ótimo post.

  6. Dani disse:

    Hahahahahaha… Mutio bom! Pena que nem todo mundo compreenda a intenção de suas palavras! Adorei o Orgulho Ouvinte… e o Kit Cego foi a cereja do bolo!

  7. Claudia Chow disse:

    Até q o povo q não entendeu te tratou bem, ninguém te xingou! hahahaha

  8. Jack disse:

    Nossa, que lixo seu post… abraço!

  9. rafinha.bianchin disse:

    meire, teu marido tá ficando esquizofrenico!! (brincadeira)
    essa ditadura se explica pelo fato de que se reserva direito aos surdos, mas não aos não surdos. é da mesma linha de pensamento das cotas para ricos/brancos, ou orgulho hétero. sinceramente, embora bem-intencionado (acredito eu), seu post passou a impressão de ser apenas mais uma critica dos irracionais ao sistema (mas que sistema?), por parecer seguir a mesma linha do bolsonaro (e do [senador?] [americano?] que defendeu as cotas para brancos)

    • Igor Santos disse:

      A intenção é exatamente essa. Boa.

    • Fatima Ampessan disse:

      Sabe, não acredito em certas coisas que leio! Ser a favor do aborto é muito fácil, para quem já nasceu! Comparar surdos com ouvintes também é muito fácil, para quem nasceu ouvinte! Comparar negros com brancos é muito fácil, para quem nasceu branco! E outros pré-conceitos por ai afora…Mas, deveria haver uma forma de trocar de lugar, pra ver o “quanto” isso é fácil, nessa sociedade doente em que vivemos!

  10. Rafael disse:

    Eu esperava mais sagacidade dos leitores do scienceblogs.

    No mais, excelente texto. Parabéns!

  11. rafinha.bianchin disse:

    Ou então do yahoo. cada comentario que pelamordedeus, saio de lá em crise existencial.

  12. Obreiro Anônimo (Soldado do Senhor Jesus) disse:

    É, meu caro camarada cristão, surdêz por enquanto parece ser só uma opçâo -mesmo «cientistas» dizendo que surdos “já nascem surdos”-, e é cada surdo que escolhe ser surdo, portanto eles não merecem ter direitos especiais (tipo casar com mudos) e nem direitos iguais, já que são eles que escolhem ter esta deficiência (possivelmente para ganhar vantagens e pisar nos direitos das pessoas normais e honestas).

    O pastor de nossa paróquia -que é ex-surdo, ex-cego, ex-mudo e ex-paralítico- fez um discurso comovente avisando que em breve, com essa ditadura, a opção não será mais uma opção e sim uma obrigação. Todos cidadãos terão que ser surdos. Por sorte ele está arrecadando doações para se candidatar a presidência desta nação cristã e botá-la na linha reta que Deus traçou.

    #oremos

  13. Rodrigo disse:

    Fiquei triste comigo mesmo por ter demorado para entender o sentido do post, sobre o que estava criticando.

  14. Maximus Gambiarra disse:

    Por um momento eu fiquei com vergonha de pertencer à raça dos ouvintes.

  15. Ygor Canute disse:

    Muito boa a sacada, pena que não é todo mundo que entenda.

  16. Carlos disse:

    Li e reli varias vezes seu post. Primeiro que nao gosto desse ar dos comentaristas “somos céticos, somos a nata pensante”. Eu tb sou cético mas tento tirar essa casta de me achar melhor (tentadora, confesso).

    Vamos ao que nao entendi, e gostaria por favor que vc ou os comentaristas explicassem e nao zombassem com coisas do tipo “infelizmente nao entendeu a cerne da mensagem”, “volta para facebook,Yahoo, etc” mais uma vez deixando claro o quanto se acham superiores (mesmo que nunca afirmem isso).

    Ficou claro a defesa pelos direitos e liberdade da maioria, no caso, os ouvintes. É tanta bolsa, política e ações para minoria (gays, surdos, negros, pobres, etc) que a exceção parece que virará regra. Uma critica politica. Então essa me parece sua principal critica. Nao discordo dela, com certeza é valida.

    Uma duvida que ai sim gostaria da tua ajuda é: quando vc fala em escolha de ser surdo, esta referindo-se a pessoas sem nenhuma deficiência auditiva, mas preferem escolher ser surdo socialmente, ou vc condena as pessoas que tornaram-se surdas como eu, fisiologicamente, e me culpa por nao ter recebido uma ação Divina? A segunda alternativa me pareceu irrealista, mas estou cogitando a hipótese, pois realmente nao compreendi essa ideia do seu texto. Se vc ou demais leitores puderem me ajudar, agradeço!

    Parabéns pelo post.

    • Igor Santos disse:

      Carlos, leia as tags do texto. Talvez ajude.

    • Meire disse:

      Carlos,
      O que o texto defende é justamente o direito das minorias, o direito das minorias em obter facilitações contra as barreiras que a sociedade lhes impõe. Quem pensa assim contra um surdo pensa contra um homossexual ou uma pessoa afrodescendente, por exemplo. O autor do texto é fortemente a favor de que exista acessibilidade plena para que as pessoas com surdez tenham acesso amplo ao conhecimento e ao entretenimento. Ele imitou o que pessoas reacionárias e de pensamento estreito falam. Releia o texto, reveja as tags e compreenderá tudo que o autor escreveu. Um abraço! Meire

      • Fatima Ampessan disse:

        Se temos que reler o texto várias vezes, ler as tags e mais não-sei-que, para entender o que o autor “quis” dizer, não somos nós que precisamos rever “nossa interpretação”. E sim o autor, que não está conseguindo transmitir aos outros seus pensamentos e sentimentos de forma clara. Isso, pra mim, não é sinônimo de inteligência, ou ironia, ou seja lá o que for, é porque o que foi escrito não atingiu seu objetivo: a comunicação. Foi bem escrito? Não sei. Palavras, palavras e palavras. Mas não houve comunicação, pois o próprio autor (amigos e esposa?) precisaram indicar “pistas” para que seus leitores entendessem o texto (além de alguns ainda vilipendiarem outros).

        • Igor Santos disse:

          Se você não gosta de ler e prestar atenção no que está lendo, não o faça.
          Se mesmo depois de descobrir minha intenção ao escrever o texto você ainda está com raivinha, ou você não tem capacidade mental para realmente entender do que se trata ou sua inabilidade de interpretação a está deixando assim. Seja qual for, pessoas do seu nível não são bem vindas aqui de toda forma.

  17. Patricia freire disse:

    Kkk…muito bom. Mas melhor explicar, ele tá brincando e nao tem nada a ver com surdo!!!!! Troque para homossexualidade. Fez sentido agora???? Escolher ser surdo é tao provavel quanto escolher ser gay… Kkk…

  18. Patricia freire disse:

    Carlos, releia agora o post e tb o comentario sarcástico de Obreiro Anonimo. Ficou claro agora?

  19. Lak Lobato disse:

    Na verdade, surdez não é apenas congênita. Ela acontece com qq pessoa, basta ter ouvido. Doenças, acidentes, excesso de ruidos, tudo isso causa surdez.
    A legenda serve para quem tem português fluente como idioma e prefere o texto por escrito. Algumas pessoas apenas lêem o texto, porque não tem audição nenhuma, mas sabem ler. Outras, ouvem um pouco e completam com a leitura. Alias, isso se faz até por ouvintes, onde o ruido ambiente atrapalha o audio da televisão.
    Já a janela de intérpretes é pra quem não foi alfabetizado em português e a lingua de sinais é o primeiro idioma. E não,a lingua de sinais não é o português em mímica, tem sintaxe própria.
    Segundo os dados do IBGE são 10 milhões de deficientes auditivos, com potencial de crescer, já que as gerações de jovens atuais detonam a audição com música alta.
    Portanto, se informe um pouco antes de falar do que você não sabe. A legenda pode ser útil até pra você.

    • Igor Santos disse:

      Portanto, se informe um pouco antes de falar do que você não sabe.

      Poucas vezes na história alguém finalizou um comentário com um conselho tão bom e que completamente falhou em seguir.
      Acho que não conheço um exemplo mais adequado para o termo “ironia”.

  20. Lak Lobato disse:

    Me atacar só mostra que você não tem argumento. Esse texto poderia ser EXCELENTE, se os argumentos fossem bem colocados. Eu sou surda – e mulher – e teria o maior prazer de divulgar, se não fosse tão cheio de equívocos. Mas enfim…

    • Igor Santos disse:

      Tentar se esconder atrás de suas equivocadamente autopercebidas vulnerabilidades não ajuda a sua causa.
      Você não tem capacidade de entender um texto não por ser mulher e muito menos por ser surda, mas por ser limitada intelectualmente. E isso, que eu entendo que seja difícil para alguém do seu nível compreender, não é um ataque, apenas uma observação.

      Você já entrou aqui com um modo equivocado de enxergar o mundo intimamente ligado a um mecanismo de defesa que a impede de interpretar algo que, no fim das contas, concorda em parte com você, senão nos termos, na conclusão.

      Lembre-se que foi você que veio até aqui dizer que eu “preciso me informar”. E, sinceramente, eu nem dependo nem desejo sua divulgação.

    • Meire disse:

      Lak,
      Você está tratando o autor do texto como se ele concordasse com o que está escrito, quando ele não está – nem de longe – criticando qualquer tipo de acessibilidade.
      O que ele mostrou foram justamente os argumentos imbecis de quem é contra, é assim que pessoas com fobias contra minorias pensam e a mesma estrutura tosca é vista em homofóbicos, ateofóbicos etc.
      Beijo!

  21. Lak Lobato disse:

    Eu entrei aqui e dei risada, só que o texto se perde no meio do caminho.
    Quem está na defensiva é você, que continua em ataques pessoais. Não te conheço, tô falando do seu texto apenas.
    Realmente, existe gente criticando a legenda e a janela de intérpretes por aí. Com os argumentos mais imbecis possíveis. Nisso, você tá certo. Só que, na tentativa de fazer o mesmo, vc se perdeu.
    No mais, sei que vc não precisa de mim pra nada. Tem leitores suficientes. Mas é sempre legal quando algum desconhecido curte o que a gente escreve e repassa.
    Enfim, já vi que não sou bem vinda aqui. E sei que sua intenção talvez tenha sido boa, mas não funcionou como você achou que iria.
    No mais, de qq forma, obrigada por – ainda que de maneira ruinzinha – detornar os ignorantes que lutam contra algo útil. Ainda que eu tenha entrado no pacote dos bombardeados.

  22. Abloraldo F. Troberlindo disse:

    Acredito que o mal entendido constante causado por seu texto seja a falta de uma advertência explicando trata-se de uma paródia. O sr. deve respeitar a Lei de Poe quando expressar ironias na internet pois algumas pessoas não entenderão o contexto jocoso e te associarão à um fundamentalista ideológico, e te tratarão com o repúdio merecido por estes.

    Entretanto minha crença é subjetiva e posso estar equivocado.

    • Igor Santos disse:

      Mas é exatamente para isso que a lei existe. É uma forma de deixar os reacionários relaxados para que eles fiquem confortáveis e surjam.

  23. Wario disse:

    Poxa, Meire, assim não tem graça.

  24. Os surdos tem que ir para o mesmo lugar que os canhotos! Pela família e pelos direitos dos ouvintes e destros!

  25. O pior é que tem gente que passa a vida inteira fingindo que não é surdo porque tem gente que não gosta de letras na televisão.

  26. Ademar Henning disse:

    Se você, escolhendo falar pelo LADO AVESSO, conseguiu mexer com muita gente, deveria aproveitar e falar pela linha direta e criticar a ditadura horripilante que os ouvintes fazem – e sempre fizeram – contra os surdos. Citar passagens bíblicas da forma como citaste dá a impressão que Deus odeia as pessoas diferentes (no caso, os surdos). Sabes que não é isso!! Sabes também que muitas pessoas lêem mas não interpretam, são alfabetizados mas não são letrados. Então percorra o mesmo caminho do seu texto PELO LADO DIREITO, reescreva-o!!!. Os surdos conquistaram (porque oprimidos) muito pouco, quase nada. Nem cidadãos com direitos a cidadania eles tem, você sabe disso! A inclusão, perversa, ridícula e afrontosa que aí está é uma das OUVINTECRACIAS que os penaliza. Ou você é funcionário do MEC e aí o texto lido – literalmente – e não interpretado cabe perfeitamente.

    • Igor Santos disse:

      Mas o deus bíblico realmente odeia as pessoas diferentes. Basta contar quantos eles matou só por serem diferentes de uma norma arbitrária que ele criou e não tinho dito a ninguém.
      E não, eu não hei de re-escrever meu texto pelo outro lado. Não faço caridade, faço piadas.

  27. Cesar disse:

    A questão de direitos são vários. Direito de ser heterossexual e não aceitar a ditadura gay. A mesma fonte bíblica condena o homossexualismo. Calvície também era defeito. Etc… O texto é aos meu ver totalmente preconceituoso. Os direitos de cada indivíduo terminam onde começa o do outro. Precisamos aprender a conviver com as diferenças. Contudo, querer aparecer também viola direitos dos outros.

  28. Diogo Madeira disse:

    Pergunta: por que cita a bíblia? Não vejo isso como inserção pertinente no seu texto.

    Entendo sua revolta, mas, já apurou a razão da inserção de legendas e janelinha de intérpretes de libras em veículos televisivos? Aposto que não.

    Sobre a surdez repentina, faço das palavras da Lak Lobato as minhas.

    • Igor Santos disse:

      Cito a bíblia porque ela nos ensina todo o mal que a humanidade não conseguiria descobrir sozinha. Eu acho pertinente (tanto que inclui) para mostrar que, sendo aquilo verdade, tudo é permitido. Se deus existe e se a bíblia é a sua palavra, qualquer atrocidade é permitida e incentivada, inclusive o ódio aos surdos.

      E se você entende a minha revolta, você não entendeu o texto.

  29. Oliveira disse:

    Você parece estar caduco com essa argumentação. Você realmente faz ciência?.

    Você continua ouvindo, o som não está mudo, não está sendo imposto um novo padrão no qual você fica excluído.

    Aquela imagem que você vê é apenas o resultado do “acréscimo” do direito de outros, dos que não ouvem, que não diminuim em nada o seu direito de ouvir, você continua ouvindo.

    Não há imposição alguma para você não ouvir nem ter de aprender aquela linguagem, apenas estamos sendo mais civilizados e justos, oportunizando direitos de informação a uma maior população, não só para os “doutos” privilegiados que ouvem, como você.

    Seu comentário é ridículo.

    • Igor Santos disse:

      Não, Oliveira, eu não faço ciência. Eu passo meus dias carimbando papéis, o que está longe de ser considerado uma ciência.
      Quanto a quem está caduco, deixo a questão maturando.

  30. Sandra disse:

    Prezado Igor,

    Se entendi bem, você é HOMEM, BRANCO, DE CLASSE MÉDIA, CATÓLICO E OUVINTE. A diferença entre mim e você é que sou MULHER. As demais características citadas são idênticas. Hitler também tinha as mesmas características suas. Será que ele fez bem ao achar que só existia uma raça pura?

    A grande maioria de nós cresceu sob a ideia de que há uma única verdade, um único caminho. As tecnologias foram criadas para um único sujeito, um único telespectador.

    A sociedade, na verdade, é feita de diversidade. O que a mídia faz, hoje, ao oferecer legenda e interpretação em Libras na telinha não é para incentivar as pessoas a serem ou a se tornarem surdas, mas é para tornar o mundo acessível para aquelas pessoas que não puderam ter o direito de escolher ouvir ou não-ouvir. Precisamos ser tolerantes.

    Já dizia Vitor Hugo que “a verdadeira e incurável surdez é a surdez do espírito.”

    • Igor Santos disse:

      Sandra, aproveitando que você está me dando uma lição de moral, tenho uma pergunta para você: já que você concorda e admite que a sociedade é feita de diversidade e afirma que precisamos ser tolerantes, qual a sua opinião sobre casamentos entre homossexuais?

  31. Germana disse:

    Inicialmente, achei sim, que se tratava de uma crítica escrita de forma interessante. Porém, por não conhecer o escritor, me veio a dúvida. Afinal, poderia ser outro tipo de louco, o que acha que o mundo gira em seu redor. Fiquei aliviada ao ver os comentários de quem o conhece (o escritor) melhor, visto que, confirmou a compreensão que tive incialmente. Só para constar, sou mais uma leitora que tb veio do face.

  32. Alex disse:

    Quem é maior idiota do mundo é você!
    Esse texto é grande podre como você eh hitler.
    Isso que você está fazendo tudo errado porque você não cumpriu seu conhecimento do mundo nem do universo.
    Presta bem atenção, idiota. “Orgulho de ser ouvinte” é que você usa identidade, outro tipo “Orgulho de ser surdo” é que outro surdo usa identidade. Também “Orgulho de ser negro” e mais mais, FALE AQUI, idiota! O idiota sempre será você! TSC TSC
    Bye bye, IDIOT!

    • Igor Santos disse:

      Que eloquência! Sua mãe deve estar orgulhosa de ter um filho poliglota.

      • Alex disse:

        Hahaha Nao tem argumento?
        Quer dizer que escapou desse assunto hein.
        Isso significa sendo voce como poliglota que é um homenzinho preconceituoso dos povos do nosso mundo. Nunca vi você como homenzinho sem cerebro. Você está fora do orgulho de ser Ouvinte. Se fosse surdo o que faria né? Se ter filho surdo o que faria? O mesmo sendo negro, gay, etc… Você é um homenzinho coitadinho. Nao tem poder com seus argumentos desse post porcaria.

      • Luana Dias disse:

        Igor Santos, se eu fosse sua mãe eu teria vergonha de ter gerado vc, não pelo fato de ouvir ou não, mas por ter se tornado um homem egoísta e com a menor noção do q é “ser humano”. Graças a Deus eu não sou!
        Pra constar eu vi os textos bíblicos q vc citou e pude perceber o qnto vc não tem o menor domínio de interpretação, vc distorce toda a palavra. Sua pertubação é bem própria de uma pessoa q tem problemas com a auto-aceitação, não sei o q vc viveu, mas deveria procurar um psiquiatra pra tentar resolver seus conflitos.
        Te desejo melhoras…

  33. P. Alenquer disse:

    Eu queria acreditar que o texto fosse – de fato – sério, e todos os outros comentários se revelassem irônicos, de um sarcasmo fino. Seria menos frustrante.

    Mais horrível que isso, somente o meu vizinho em cadeiras de rodas, que agora deu de achar que deve haver rampas para – em toda a pompa de sua cadeira – poder desfilar pelas ruas.

    O mundo está do avesso.

    Mais ainda acredito na diversidade, na tolerância e na liberdade de expressão, SEU IDIOTA!

  34. P. Alenquer disse:

    P.S:

    Mas o mais incrível é como esse texto está correndo por alguns Facebooks, com comentários do tipo “vamos denunciar!”, “gente, ele é um monstro”, “ele não sabe o que está falando”, “vamos todos chamar o Capitão Planeta!” (mentira, essa última frase é inventada mas, não demora, surgirá algures).

    Um ótimo feito: abriu a gaiola dos disparates, escancarou a “incompetência literária” de muitos que se julgam os sabedores-das-nobres-verdades e fez cair o véu de bom-mocismos de muitos defensores da diversidade-do-tadinho, sem abrir mão da luta ácida contra o reacionarismo medíocre.

    Um texto vale menos por sua intenção, e mais por seus desdobramentos. Não sei qual a intenção fulcral desse texto (embora desconfie), mas os desdobramentos têm sido, no mínimo, curiosos.

    “Ridendo castigat mores” levado à cabo.

    E outros textos aqui são também muito bons. Parabéns! =)

  35. Celma disse:

    Sinceramente, não sei onde voce está querendo chegar…
    Ou será que voce está sendo incomodado que alguém te falou sobre isso ?

    “Quero ter o meu direito de ouvir preservado! Mas não tem ninguém para defender o meu Orgulho Ouvinte! ”

    Me poupe… acho que voce exagerou demais!

  36. Celma disse:

    eu também gostaria de tomar a minha liberdade de ouvir, porém não escuto desde pequena. na televisao era todos ouvintes falantes e menos eu. Como eu poderia entender o que voces estão falando?
    Voces que são piadas, falam um montes merdas sem pensar duas vezes.
    Eu agradeço este alguém que conseguiu colocar a legenda na tv, consigo acompanhar tudo e entendo o portugues.Mas o seu portugues, não entendi completamente nada!
    eu é que pergunto, onde voce quer chegar? destruir a nossa cultura? o nosso amigo surdo te incomodou?

    como iremos escutar uma professora falante se perdemos audição?
    como podemos comunicar com voces,se a nossa voz não sae?
    como é que voce tem coragem de demonstrar o preconceito?

    Não se revolte com isso, ainda há outras coisas para voce criticar como combater a fome, a pobreza, a corrupção, os politicos mentirosos e etc etc!

    Em nossa cultura é diferente, não estamos te prejudicando, estamos querendo a melhor educação, o nosso trabalho e a igualdade a voces!

  37. Meire disse:

    Quando o Igor escreveu este texto para apoiar os direitos das minorias demonstrando com ironia, que inclusive está sinalizada nas tags, o que reacionários pensam, eu achei que algumas pessoas não fossem entender. Agora estou surpresa como tanta gente que comenta aqui tem problemas sérios de incapacidade de abstração, de ver além do que está escrito.
    Isso cansa, o autor do texto, que claramente apoia não só as pessoas com surdez como quaisquer outros grupos em mesma situação de semi-exclusão social, está sendo constantemente agredido sem nenhuma razão.

  38. Bruno Igor disse:

    Parabens pela segunda parte !! “e obvio que voce iria escrever se explicando, nao se pode escrever tanta besteira sem dar explicacoes, ou o site iria ser retirado do ar. Espero que da proxima vez saiba se pronunciar melhor em relacao aos seus leitores de forma geral, ou coloque um post antes dos textos para informar sobre o seu estilo aqui. Enfim, sinto orgulho que as maos da justi’ca puderam `obriga-lo` a escrever a segunda parte. Que mais textos e mais explicacoes venham!!!!!

    • Igor Santos disse:

      ou coloque um post antes dos textos para informar sobre o seu estilo aqui
      Se você não fosse tão preguiçoso (você e os muitos outros que comentaram aqui), teria visto que 100% do meu blog já é a explicação que você exige.
      Eu sinto vergonha da segunda parte que precisei escrever justamente por causa de pessoas como você.

  39. karla disse:

    Que idiotice! Ser irônico ou egoísta é um absurdo. Me desculpa mas não posso discordar com quem defende a cultura surda. Sei falar em Libras, uma vez fui na rodoviária, tinha um cara estranho de olhos um pouco vermelhos que estava entregando o papel assim “sou surdo, preciso de 35 reais para ir na minha cidade”, fiquei desconfiada que estava aproveitando o dinheiro dos outros para comprar qualquer tipo de droga e então sinalizei com as mãos para ver se ele entendia ou não, perguntei se ele era surdo, se sabia falar em libras, sabe o que ele fez? simplesmente fugiu envergonhado. É óbvio que ele estava fingindo ser surdo, pensa bem como ele é ouvinte e safado, sinto muito! Todo surdo tem direito de usar linguagem brasileira de sinais, e você deveria respeitar a cultura do povo surdo… também vou ser um pouco irônica com você, ou é melhor você ir no curso de libras para perceber se alguém disfarça ou não. Tome cuidado, quem sabe se um dia você poderá um filho com deficiência!

    • Igor Santos disse:

      Karla, você já chegou a pensar na quantidade de surdos que são analfabetos em Libras?
      Eu recomendo também que você leia meu texto até o fim.

  40. Jose Eduardo disse:

    eu tenho meus amigos são surdos e eu tbm fazer libras…nada contra os surdos pq nós respeitamos qualquer pessoas….Estou fazendo faculdade “LETRAS LIBRAS” aqui UFSC….

  41. luana disse:

    Mas por quê vc não fala sobre o que realmente quer dizer? por quê falar em enigmas? Afinal, vc tem medo de dizer o que realmente pensa? Ou tem medo de ofender alguém? Ora bolas, aprenda a referir-se ao que realmente quer dizer, ou então não fale abobrinhas, tá?

    • Igor Santos disse:

      Eu não escrevo para imbecis da sua qualidade que começam a comentar antes de acabar de ler. Meus leitores têm o QI maior que a temperatura ambiente. Sua ausência é preferida.

  42. brunobelo disse:

    Acho um absurdo esses surdos. E se meu filho ver eles se comunicando por LIBRAS e decidir ser surdo? Como ficarão as crianças com esse lance de surdez, essa MODA da surdez?! Isso tem que acabar! E a moral e os bons costumes, onde ficam!?

    • Igor Santos disse:

      Eu ouvi dizer que existem clubes onde eles passam o dia só fazendo sinais uns pros outros. E têm a cara de pau de tentar esconder a intenção do clube de depravação, chamando de “instituto”.

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Categorias

tempo

outubro 2012
D S T Q Q S S
« set   nov »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

espaço

Locations of visitors to this page

desfrute e compartilhe

Creative Commons License
Esta obra de Igor Santos é licenciada sob Creative Commons by-nc-sa.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM