A Wikipédia em português e a panelinha editorial pseudocientífica

Eu já contei um pouco da minha história com a Wiki-PT no meu outro blog então não vou repetir que já fui editor logo no começo mas desisti porque minhas edições (baseadas em evidências e com links corroboráveis) eram sistematicamente deletadas pelos editores da panelinha ideológica da qual eu me recusava a fazer parte. Dito isso que eu disse que não repetiria, hoje eu fui ver o que a Wikipedia original (regulada por pessoas menos investidas emocional e monetariamente com seus assuntos favoritos) tinha a dizer da milenar [1] técnica da dedada oriental, conhecida no oeste por shiatsu.

Qual não foi minha surpresa ao constatar que, em inglês, o verbete atual de shiatsu cabe em apenas um screenshot

Clique para a versão completa.

Clique para a versão completa.

…enquanto o verbete na Wiki-PT é consideravelmente mais extenso! Em todos esses anos nesta indústria vital, esta é a primeira vez em que isso me acontece!

O que primeiro me chamou atenção após os cinco pagedowns necessários para ler o texto completo (tá, o que me segundo chamou atenção) foi isso aqui:

wiki-estilo

Para os não-iniciados, isso significa que quem escreveu o artigo o fez sem consultar as regras (ou sem se importar com o conteúdo) que regem a enciclopédia. Ou seja, alguém escreveu o que achava que deveria ser escrito, publicou e… ficou por isso mesmo. Há mais de um ano e meio.

Uma das genialidades da equipe de Jimmy Wales (comparem aqui o tamanho e a qualidade dos verbetes em inglês e português do fundador da Wikipedia) foi ter embutido no sistema uma ferramenta antifraude na forma de um histórico impossível de ser editado ou manipulado e que registra cada mudança mínima numa página.

Isso nos permite verificar que o maior contribuidor individual do verbete é Arnie rj, login de Arnaldo V. Carvalho, criador do Portal Verde e que, segundo seu currículo naquela mesma página, tem (sic) “Capacitação em Medicina Tradicional Chinesa e Naturopatia, em seus segmentos shiatsu (tradicional, ohashiatsu, shiatsu emocional, zen shiatsu e Express), massagem sueca, thai massagem, ramma, sei-tai, lomilomi, drenagem linfática manual, recepção ativa, correção postural postural, aromaterapia, fitoterapia, reeducação alimentar, cromoterapia, relaxamento e controle mental“. Ele também dá cursos de shiatsu emocional (é até proprietário de um blog sobre isso). Ou seja, poucas pessoas seriam mais beneficiadas do que o próprio editor pela inclusão da seção Validação e Produção Científica que diz, muito dissimuladamente e sem qualquer sombra de evidência (sic): “A Ciência vem se interessando em conhecer os mecanismos de ação do Shiatsu, e avaliar sua eficácia em diversos tratamentos. Atualmente há milhares de artigos científicos sobre o tema. Segundo o Conselho Nacional de Desenvolvimento e Pesquisa Tecnologica, (CNPq), 356 dos pesquisadores cadastrados na Plataforma Lattes, incluindo 49 doutores, possuem algum tipo de formação em Shiatsu.[2]

Esses supostos “milhares de artigos” são frutos de buscas simples no PubMed, SciELO e Google Scholar pelo termo “shiatsu” (evidenciado pelas notas de rodapé da edição, já que as da versão atual estão desencontradas e completamente confusas, mostrando o nível nascôxa de qualidade de edição) e não uma análise qualitativa. Aliás, até quantitativamente é mentira, porque eu acabei de fazer a mesma busca no PubMed e obtive 758 resultados que, até onde eu saiba contar, é menos de mil. O SciELO me devolveu incríveis dois (02) resultados e o Google Scholar mostra qualquer coisa remotamente relacionada ao nome “shiatsu”, incluindo livros (que não são publicações acadêmicas), entrevistas (idem anterior), patentes (menos ainda), citações (“o mundo é como o shiatsu: vive de dar dedada nos outros” é uma citação) e etc. Acho pouco provável que o editor do verbete tenha lido um por um. Esse “segundo o CNPq” é igualmente uma busca no site do Conselho. Então não tenho como saber de onde ele tirou essa citação factual do CNPq.

E finalizar com “49 doutores” é só apelo a autoridade. E já sabemos que isso não é exatamente confiável. Especialmente eu tendo achado no Lattes 3236 doutores em “cocô” e 47 em “bosta”. Só 3 em urinoterapia, no entanto.

(Já sabemos que argumento de autoridade não é confiável, não é? Vocês sabem disso, né? Bom, ótimo, vamos em frente.)

Agora, qual editor incluiu essa seção pela primeira vez, mais especificamente às 14h53min de 31 de julho de 2012? Isso mesmo, Arnie rj. Aliás, a versão atual tem links tanto na nota de rodapé quanto na bibliografia para a página do editor, o Portal Verde anteriormente aludido e que lhe é fonte parcial de renda.

"Não estou dizendo que é shiatsu, mas..."

“Não estou dizendo que é shiatsu, mas…”

Em abril de 2012 uma edição se desfez do seguinte trecho, nunca mais citado (sic): “O Shiatsu não é recomendado para infecções, doenças contagiosas, fraturas, varizes ou como terapêutica única do câncer(…)”. E sabem quem fez essa edição? O financeiramente envolvido Arnie rj.

Ele não é de todo mau (aliás, nem acho que ele seja particularmente maligno, apenas equivocado e desprovido de pensamento crítico – a culpa maior sendo dos editores seniores da Wiki-PT), já que tirou também o trecho que recomenda shiatsu como coadjuvante no tratamento do câncer.

Sempre lembrando que shiatsu é somente uma massagem com os dedos (exclusivamente em gente branca, a julgar pelos resultados do Google Imagens. Credo) e nada mais que uma massagem com os dedos.

Se o verbete começasse com “o shiatsu é somente uma massagem inventanda num-sei-quando num-sei-onde que relaxa as pessoas e causa forte tendinite nos terapeutas…” eu não teria problema algum com isso. Eu passo a ter no momento em que o site mais acessado do mundo usa linguagem evasiva e informações ambíguas dissimuladas para tentar dizer que shiatsu é uma ciência e que deve ser vista e aceita como tal. O nome disso é “pseudociência”, palavra que parece não fazer parte do vocabulário da Wiki-PT. Ou até faz, mas parece merecer um grau mais alto de escrutínio sequer aludido na página discutida:

pseudociencia-wiki

Enquanto o único pecado do verbete de shiatsu é não estar formatado num padrão específico, o de pseudociências não cita fontes suficientes, usa dados duvidosos e não é considerado neutro.

Não usaram a mesma régua aí.

O Lexus LS 600h tem um banco com bolsas de ar que simula shiatsu. Não dizem, mas acho que ter um carro desses também serve como 'shiatsu emocional'.

O Lexus LS 600h tem um banco com bolsas de ar que simula shiatsu. Não dizem, mas acho que ter um carro desses também serve como ‘shiatsu emocional’.

Existe um grupo chamado Ceticismo de Guerrilha na Wikipedia que tenta melhorar a qualidade do conteúdo de certos verbetes que serviriam como propaganda para profissionais das pseudociências. O problema é que esse grupo não tem boa representação no Brasil ou em Portugal e, ainda por cima, quando tentam melhorar um artigo na Wiki-PT acontece o que acontecia comigo em 2006/07. Porque a cúpula ideológica da Wikipedia lusófona não admite que outros venham corrigir o que eles acreditam ser o correto.

Não sei qual canal devo acionar para tentar corrigir esse problema. Talvez já seja tarde demais para nós, que florescemos tardiamente no Lácio.

———

[1] Mentira, shiatsu tem nem 100 anos.

[2] O que faz dele um especialista em shiatsu, que é exatamente o que a Wikipedia pede e incentiva. Ele só não é especialista em ciência. Ou sequer em procurar resultados num site de busca.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Discussão - 38 comentários

  1. Eduardo Marinho disse:

    Acho que ganhei uma hemorragia intestinal com as dedadas. Se eu morrer, me enterrem em Nova Iguaçu.

  2. antonio cristovao disse:

    Apoiado.Que tenha sucesso em arejar a cupula. A wikipedia se bemen carada pelas escolas superiores e universidades é uma excelente ferramenta para diminuir a diferença de conteudos na net entre a lingua inglesa e as latinas;e como isso era importante para milhoes que não dominaam ingles para poderem benificiar da grande variedade e qualidaade de informação. Bastava incluir nas preocupações escolares regulares e até nas extracurriculares tarefas de melhoria de temas na Wiki -com ajuda dos profs a qualidade e quantidade seria de maior confiança. Tanto no Brasil como nos menos ricos os Palops ou diaspora nomundo.

    • Igor Santos disse:

      Até existem alguns cursos fazendo isso mas o problema não é a falta de conteúdo e sim os editores que não sabem filtrar ou que acham que sabem. É meio triste isso.

  3. […] do viés da Wiki-PT (como é chamada) não parece ser algo isolado ou recente. Vejam só isto e isto. Vale dizer, não vai demorar muito para alguém colocar uma petição no AVAAZ (ou outro […]

  4. Susan Gerbic disse:

    Thank you Igor for the shout-out. You are 100% correct, we do not have enough Portuguese editors. But we are doing our best with what we have, mostly we have been translating well-written English pages into Portuguese as that is an easier task. We want to make sure we have the basic pages that represent the scientific skepticism community done first.

    Working on pages like you mentioned above is more difficult and the editor may need more skill and “history” in order to get the edits to stick.

    We train and mentor everyone that joins our group. If you have anyone that would like to join us in controlling the world they can write to me at [email protected]

    • Igor Santos disse:

      Susan, your work is truly excelent but what I call the “Brazillian senior editors” are really hard to get through. I started editing Wiki-PT in ’06 to ’07 but stopped trying to make it better by ’09 (and heard from others the same thing – good, well-researched topics being consistently scrapped in favour of opinion-based stuff).

      I saw some progress on the “pseudociência” entry when an intelligent design apologist edit that included evolution was swiftly removed and kept clean by people I believe work with you. It’s a small step, but it’s on the right direction.

  5. Susan Gerbic disse:

    Igor,

    I’ve heard this from almost all the languages. The Italians say there is a WP mafia keeping them from editing, they are so frightened that they edit in secret as a team, but no one knows who the other people on the team are. The Croatians have been having pro-Nazis edit and are so frustrated that they went to the inventor of WP for help. But these are people who are not a part of GSoW, they are just waving their arms around growing more frustrated without really getting to the carne of the problem.

    People working alone seem to run into problems from other opposite-minded editors who will not allow the changes. Sometimes this is true, other times the problem lies with the skeptic who is trying to make changes but does it incorrectly and the reverts are from well meaning editors who really should be reverting.

    Editing WP can be hard to some people, the rules are odd and the terminology is difficult. And it is a whole different world, culture and you almost need a good history in order for the other editors to trust you.

    We train on GSoW and help ease new editors into how to make your edits stick. We teach them not to start with controversial pages like $cientology, Astrology, Homeopathy and others but start with pages that no one cares that much about. You improve your edit history and gain confidence this way.

    Also the GSoW team NEVER gains up on a page and forces change like a bully. But we do know how to handle WP editors that are bullies. We also discuss problems together on our hidden forum before making changes that might be a problem.

    We don’t at the moment have a strong Portuguese team, I did last year and they finished translating a bunch of pages, and did wonderful work. But now a few people have moved on and I sadly miss that team. Would love to have some of your readers join us. We do train in English, but if that is a problem, then I could assign someone who speaks Spanish or Portuguese to mentor, it will take a bit longer that way, but we are willing to do whatever needed to make this work.

    Igor, as I was saying. When you edit alone with really no one to discuss issues with, you will find yourself running into problem people. What GSoW does is gives you others to run ideas by, who have handled problems before and we are very social and a community as well.

    What you have to remember is that facts and the rules all side with the skeptics. When the pseudo people try to edit WP the almost always have problems as they do not understand what evidence means, and they often do not understand WP rules. We do and like science, we will eventually win.

  6. Nix Dorf disse:

    Eu trabalho com a Susan. Me manda um e-mail. Eu já te adicionei no facebook. Abraços. [email protected]

  7. nubia disse:

    Igor, convido vc a conhecer o shiatsu, e levar umas “dedadas” antes de falar mal, ok! Pratico shiatsu há alguns anos e NUNCA tive tendinite por isso. E se vc é tão científico assim, deveria saber também que muitos morreram em nome da ciência.
    Um abraço

    • Igor Santos disse:

      Nubia, muito mais pessoas morreram por medo da ciência e em nome da pseudociência e charlatanismos em geral. Pessoas estas que poderiam facilmente ter suas vidas estendidas pela ciência (até você mesma colhe esses benefícios, suponho que tenha sido vacinada, por exemplo).
      A ciência até matou alguns mas salvou milhares de vezes mais pessoas, ao contrário de pseudociências que, por menos mal que façam, jamais fizeram bem algum.
      Alguém ser “tão científico” – como você colocou – não é motivo para visitar seu salão de massagem. Você não deve saber como a ciência funciona, já que ela não se faz com visitas ou anedotas e estorinhas pessoais, mas com dados.

      Shiatsu é uma massagem, penso até que bastante relaxante, mas é apenas isso; uma massagem. Se você achar que shiatsu é ciência, ou você não sabe a definição de ciência ou não sabe o que é shiatsu, visto que não há um só dado científico de que massagem com os dedos resolva qualquer coisa que uma hora de qualquer outra massagem não resolva. Simples.

      E, Nubia, acho que você não leu meu texto. Ou talvez apenas não tenha capacidade de interpretação. Meu alvo é a Wikipedia, não sua vaca sagrada/fonte de renda que você precisa tão ferrenhamente defender dos descrentes.

  8. Mariana Franco disse:

    Quem fala desta forma do Terapeuta Arnaldo Carvalho é porque nunca o conheceu pessoalmente. O seu trabalho e estudos não são de 2 ou 3 anos… são de muitos anos, praticamente 2 décadas. Nunca beneficiou de um tratamento de shiatsu (para não falar de outras terapias, pois esta é a que está em causa) feita por ele.
    É pena que certo tipo de pessoas continuem a tentar estragar a vida, neste caso profissional de pessoas honestas, trabalhadoras e muito conhecedoras do que estão a fazer e no entanto a manterem uma enorme humildade, humildade essa própria de quem sabe que o saber nunca acaba e por muito bom que seja, tem sempre mais para aprender.
    É o caso deste Terapeuta que muito me orgulho de conhecer pessoalmente de nome Arnaldo Carvalho

    • Igor Santos disse:

      E quem perde tempo para comentar sem ter lido o artigo é o que? Recomendo que leia e me mostre onde falo mal da pessoa ao invés de das ideias.
      E de que adianta desperdiçar duas décadas se, ao fim de tudo, não sabe o que é ou não ciência?

      • Mariana Franco disse:

        Acho que pessoas do seu género não merecem resposta…. Não vou responder mais nada ao seu post…. só mostra o tipo de pessoa que é.

      • ary luiz bon disse:

        “quem perde tempo de comentar sem ter lido…” Acho que a Mariana prefere não discutir algo que você comprovadamente NÃO ENTENDE, que é shiatsu, e comentar sobre uma injustiça que você cometeu ao mencionar o Arnaldo.
        Quando vc fala que uma pessoa é beneficiária e único interessado em alguma coisa, deveria conferir primeiro, antes de falar. ISSO de panelinha do shiatsu não existe, não tem ninguém ficando rico com isso.

        Quanto a discussão de idéias, não me respondeu, não postou minha réplica… Tá viajando ou é covarde?

        • Igor Santos disse:

          Então explique o que é. Porque vocês estão vindo aqui me atacar pessoalmente porque eu mexi com o ganha pão de vocês.
          E você também não leu ou não entendeu, porque eu nunca disse nada de “panelinha do shiatsu”. Novamente, você está cego pela sua ideologia.
          E não, eu não sou covarde. Apenas não sou vagabundo da sua espécie e tenho mais o que fazer além de ficar respondendo gente imbecil que não sabe ler. E diga também onde errei quando disse que o editor do verbete se benef