Tudo sobre água

12072009312.jpgAi, que sede… Minha amiga que escreve o blog Saúde e bem estar recebeu um documento sobre água e, fofa, repassou para mim. E, yo, publico para você! Reflita sobre esses dados interessantes da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb):

  • Na água surgiu a primeira forma de vida do planeta há milhões de anos. Dela o processo evolutivo caminhou até formar nossa espécie e continua a manter toda a diversidade que conhecemos;
  • 3/4 da superfície do nosso mundo são cobertos por água, sendo 97% salgada e, apenas, 3% doce;
  • Do percentual da água doce existente, a maior parte encontra-se sob a forma de gelo nas calotas polares e geleiras, outra é gasosa e um pouco líquida – representada pelas fontes subterrâneas e superficiais
  • Os rios e lagos, nossas principais formas de abastecimento, correspondem a apenas 0,01% desse percentual, aproximadamente;
  • Há 2.000 anos, a população mundial correspondia a 3% da população atual, enquanto o volume de água permanece o mesmo;
  • Desde 1950, o consumo de água, em todo o mundo, triplicou. O consumo
  • médio de água, por habitante, foi ampliado em cerca de 50%;
  • Para cada 1.000 litros de água utilizada pelo homem resultam 10.000 litros de água poluída (ONU, 1993);
  • No Brasil, mais de 90% dos esgotos domésticos e cerca de 70% dos efluentes industriais não tratados são lançados nos corpos d’água;
  • O homem pode passar até 28 dias sem comer, mas apenas 3 dias sem água;
  • O gotejamento de uma torneira chega a um desperdício de 46 litros por dia;
  • Um buraco de 2 milímetros no encanamento pode causar um desperdício de
  • 3.200 litros por dia, o que corresponde a mais de três caixas d’água;
  • Cerca de 70% do oxigênio do ar é proveniente de microscópicas algas habitantes da água.

Obs.: A foto foi tirada no Núcleo Pedra Grande do Parque Estadual da Serra da Cantareira, em São Paulo. Quem gosta de caminhada, natureza e paisagem belíssima, tem que conhecer o lugar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

10 ideias sobre “Tudo sobre água”

  1. O título “Tudo sobre água” foi muito pretensioso (é apenas fatos relacionados à utilidade da água para os humanos), portanto este post deveria implicar em uma sequência de outros sobre o assunto.
    Eu, na minha ignorância científica, me lembrei de muitas outras coisas interessantes sobre a água. Este post até me fez lembrar de um ótimo texto do apêndice do livro de geografia distribuído quando era estudante ginasial (lá pelos anos 80): falava das características incomuns da água (ponto de fusão diminui com o aumento da pressão, solidifica e fica menos densa do que quando líquida e outras coisas que não me lembro). Acho que, no livro, a idéia era mostrar água como algo enigmático e sugerir o famoso princípio antrópico: a água existiria para que os humanos pudessem existir.
    Sobre a poluição da água e evolução me lembrei de algo também interessante: Não sei se é só uma hipótese, mas segundo alguns cientistas existe relação entre o consumo de álcool e a contaminação das águas. Comer ou beber coisas fermentadas era melhor que beber água contaminada, pois o álcool mataria os microorganismos nocivos. Então a água contaminada teria feito que muitos seres humanos evoluíssem para serem bebuns. O “barato” provocado pelo consumo deve ter iniciado tudo e não o conhecimento das propriedades “benéficas” do álcool…

  2. Pois é Ísis, hoje em dia as coisas estão complicadas, a CETESB solta um comunicado desses e dias atrás, como você deve lembrar, estávamos discutindo um SPAM que saiu publicado no jornal da UNIMED.
    Não dá prá confiar em nada.

  3. Gabriel, e eu estou com vergonha por ter colocado no blog. Pior que tinha desconfiado de algumas informações. Mas, como você disse, por ter como indicação de fonte a CETESB, estava mais sossegada. Nem assim, mais, hoje em dia.

  4. Como eu sou chato, vou dar uns tapas na CETESB:
    1- “Na água surgiu a primeira forma de vida do planeta há milhões de anos.”
    Milhões? Tente multiplicar esse valor por mil. As evidências sugerem que a vida na Terra tenha surgido pouco mais de 3,5 bilhões de anos.
    2- “Dela o processo evolutivo caminhou até formar nossa espécie e continua a manter toda a diversidade que conhecemos;”
    Essa frase dá a entender que nós somos o ápice do processo evolutivo, algo que simplesmente não existe por alguns motivos como: a evolução não é dirigida, ela não tem um rumo previamente definido; mesmo que tivesse certamente não seria a espécie humana, nós não fomos a última espécie a aparecer no planeta e certamente não somos “a melhor” (outro conceito inexistente em termos evolutivos).
    3- “Para cada 1.000 litros de água utilizada pelo homem resultam 10.000 litros de água poluída (ONU, 1993)”
    Esse é o melhor dado que a ONU pode oferecer ou foi a própria CETESB preguiçosa ao utilizar uma referência que tem 17 anos de idade?
    Acho as duas situações igualmente preocupantes: ou a CETESB não atualiza suas referências em sua própria área de atuação (o que é muito ruim) ou a ONU não tem um panorama com um mínimo de atualidade sobre a relação água/águas servidas (o que é PÉSSIMO).
    4- “O homem pode passar até 28 dias sem comer, mas apenas 3 dias sem água”
    Em relação à comida nem me preocupei em olhar pois o assunto é água, então o limite médio para um humano é de 4 dias sem água, apesar de o recorde registrado ser de um me xicano chamado Pablo Valencia, que em 1905 ficou sete dias sem beber nada no deserto do Arizona, nos EUA.
    Enfim, se eu achei esses erros com certeza tem mais. Considero o assunto da maior importância, fiquei surpreso em ver tantas considerações erradas vindas da própria CETESB, que, em teoria, é referência.

  5. Uau, que visão maravilhosa. E o lago em segundo plano também é muito bonito. :D
    Isis, você tomou conhecimento do estudo recente divulgado sobre o Aquífero Alter do Chão? Estimam que ali exista água para abastecer a população mundial pelos próximos 300 anos. Uma boa notícia.
    Beijo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *