Serra da Cantareira: aquela que São Paulo não vê

Durante dois anos (entre junho de 2011 e maio de 2013) fotografei a Serra da Cantareira da sacada do meu apartamento, na cidade de São Paulo. O resultado você pode ver no vídeo acima.

Nela, há o Parque Estadual da Cantareira com área equivalente a oito mil campos de futebol de Mata Atlântica preservada que pode ser contemplada do horizonte – quando os prédios da cidade permitem.

Apesar de abraçar a Zona Norte sendo um dos pontos mais altos do município e de abastecer a região metropolitana com suas águas, a Serra da Cantareira segue impotente, imponente e muda, ignorada pelos habitantes sem tem tempo para voltar os olhos ao que é belo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

3 ideias sobre “Serra da Cantareira: aquela que São Paulo não vê”

  1. A Serra realmente é algo pouco explorado, até mesmo seus parques mais próximos, como o Horto Florestal e o Núcleo Engordador, que muitas vezes são esquecidos pelo habitantes da zona norte, que é onde também vivo.

    Talvez um dos motivos seja a baixa “urbanização” dos local, ao contrário do que ocorre por exemplo no Parque do Ibirapuera, onde temos muitos eventos e a mata é um pouco mais aberta, o que facilita o transito de pessoas. Mas é claro, talvez esse não seja o objetivo da Cantareira, por isso é bom saber que temos duas opções bem distintas, um parque e uma reserva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *