Os Segredos dos Códigos de Leonardo da Vinci


Se fosse vivo, dia 15 o gênio Leonardo da Vinci comemoraria seus 556 anos! Como não poderia deixar de ser, nós brasileiros apresentamos uma surpresa para ele. Terça à noite fui à abertura da exposição “Os Segredos dos Códigos de Leonardo da Vinci”, no Museu da Casa Brasileira (MCB), em São Paulo. Ela é pequena, mas interessante. A mostra apresenta maquetes dos inventos do artista e de reproduções em 3D de seus desenhos. Essa digitalização inédita – onde é até possível folhear e ler virtualmente os textos do artista – foi realizada pelo Centro de Estudos e Pesquisas Leonardo3, empresa italiana especializada em multimídia. Dois códigos criados pelo da Vinci foram decifrados: do Vôo e do Atlântico. Este estava preservado desde o ano 1637 nos subterrâneos da Biblioteca Ambrosiana de Milão. E, até então, inacessível ao público. A exposição ficará no Brasil até o dia 4 de maio.

Senta que lá vem a história…

Primeiro! Já faz um tempo que queria criar um blog para falar de ciência. Para postar novidades, notícias e curiosidades sobre o assunto. De forma geral, tudo com uma pitada de humor. Porém, quando a gente fala a palavra ciência, muitos já torcem o nariz. “Ciência? Écati, que chato.” Na hora de comprar cosméticos, começar uma dieta, ler matérias sobre saúde, tomar banho, escovar os dentes, dormir, caminhar… Enfim, fazer qualquer coisa que seja, saiba que a ciência faz parte do nosso dia-a-dia. Com nerdisse ou não.
Outro detalhe que muitos esqueciam… era do meio ambiente. Com o alerta do aquecimento global, pode-se dizer que essa amnésia já faz parte do passado. Aqui deixo claro que também vou abordar temas sobre ecologia – sem ser ecochata, por favor. Afinal, para mim, se não irmãos, ciência e meio ambiente nasceram um para o outro.
Por fim… vou inserir pitadas de estórias. Nada melhor do que um papo de bar ou de causos para se divertir com o behaviorismo humano. “Behaviorismo”, com licença poética.

A ciência e o meio ambiente vistos por um olhar atraente e feminino