>

“William Buckland segurando o crânio de uma hiena das cavernas” (1833)

Pioneiro da ciência paleontológica, William Buckland (1784-1856) era um cara no mínimo estranho. Entre outras esquisitices, Mr. Buckland fez a primeira descrição completa de um fóssil de dinossauro, cunhou o termo que designa as fezes fósseis [coprólito, lit. “cocô empedrado”], e não raro fazia seu trabalho de campo usando uma beca — aquela roupa ridícula que só se usa na formatura.

Além de paleontólogo, geologista e doido varrido professor universitário — de Oxford —, o Dr. Buckland também era um exímio caçador. Durante uma de suas caçadas, ele teve a brilhante ideia de comer todos os animais que que conhecia (ou que viesse a conhecer). Quando recebia visitas, o paleontólogo servia panteras, crocodilos, hienas (o que daria outro sentido ao retrato acima) ou até mesmo ratos em seu jantar. Ele dizia que os piores pratos que havia provado foram os feitos com toupeira e mosca-azul (Calliphoria vomitoria). Com esse nome científico, a mosca deve ter sido bem indigesta mesmo.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...