acrasia (a.cra.sia)
s.f. 1.
falta de vontade-própria; falta de autocontrole; desregramento; inconstância; incontinência. 2. ação de uma pessoa que contraria seu melhor juízo, e.g., o marido que trai mas sabe que está errado. Acrásico, adj. [do grego akrasia = ausência de comando]

Sócrates já conhecia o conceito, mas perguntava-se como a acrasia seria possível. Ele considerava paradoxal o ato de julgar que A é a melhor coisa a fazer seguido do ato de fazer não-A (ou anti-A). Uma solução simples e comum para este impasse é que, simultaneamente, há diferentes motivações em cada pessoa: razão e emoção (ou ponderação e impulsividade). Também pode haver alguma pressão social nesse tipo de atitude (mesmo a contragosto, o marido pode trair porque esse é o papel que se espera dele).

Muitos tomam a acrasia como sinônimo de fraqueza de vontade, mas isso nem sempre é verdade. O fumante que num momento pensa em parar de fumar porque faz mal, mas no seguinte conclui que é melhor manter o vício pelo prazer tem vontade fraca, mas não é acrático. Ele muda de ideia, mas não se sente culpado. Uma definição mais clara de acrasia talvez seja a insistência em fazer algo que se considera errado, ainda que com alguma dose de remorso ou arrependimento.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...