Um dos anúncios mais curiosos reproduzidos por John Timbs em sua History of Advertising [1874, p. 280] teria sido inscrito numa lápide do Père la Chaise, o famoso cemitério parisiense. As palavras no monumento funerário do padeiro Pierre Cabochard terminavam assim:

Sua inconsolável viúva
dedica este monumento à sua memória
e continua com o mesmo negócio
no velho ponto, à Rue Mouffetard, 187

Apesar de notar que a história parece apócrifa, Timbs não deixa de relatar o causo de um cavalheiro que teria lido essa lápide e, tomado de curiosidade, saiu do cemitério em busca da viúva de Cabochard. Ao chegar no endereço indicado, deu de cara com um sujeito barbudo e bem vestido, com quem teve o seguinte diálogo:

— Estou aqui para ver a viúva Cabochard.
— Muito bem, senhor, aqui está ela. — respondeu o barbudo.
— Perdoe-me, mas eu gostaria de ver a lady em pessoa.
— Senhor, eu sou a viúva Cabochard.
— Não estou entendendo. Eu me refiro à esposa do falecido Pierre Cabochard, cujo monumento vi ontem no Père la Chaise.
— Sim, sim. — sorriu o barbudo. — Permita-me lhe informar que Pierre Cabochard é um mito e, portanto, jamais teve uma esposa. A tumba que você admirou custou-me bastante dinheiro e, embora ninguém esteja enterrado lá, provou ser um anúncio de primeira categoria e eu não me arrependo de seus custos. Agora, senhor, o que posso lhe servir nesta padaria?

É difícil saber se esse tal Pierre Cabochard realmente existiu ou é apenas um personagem cômico — cabochard, afinal, significa teimoso em francês. O endereço citado ao fim do anúncio epitáfio reproduzido por Timbs realmente existe, mas é da Igreja de Saint Médard (situada no 5º. arondissement, não muito longe do Jardim Botânico de Paris e seu Museu de História Natural). Nessa praça ainda hoje se mantém uma feira livre de peixes e frutos do mar. Não é improvável, portanto, que ali houvesse uma padaria mantida por uma viúva (barbuda ou não) há alguns séculos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...