Únicos e Bons: Ciência Viva no Verão

cviva_verao_rede2015_banner-01Pelo país fora, são mais de 1100 atividades gratuitas onde a ciência e a tecnologia se cruzam com as tradições ou o património natural, da engenharia da visita à Ponte 25 de Abril ou à geologia das encostas do Douro.

Outras coisas haverá para legitimar o título mas agora escrevo sobre a promoção da ciência e da tecnologia feita em Portugal durante o Verão, mais concretamente da 19.ª edição do Ciência Viva no Verão (CV Verão). E o título é mais do que merecido para este programa.

PONTE 25 ABRIL (Large)Salvo erro, este é um programa único e gratuito a nível mundial, onde durante os meses de Verão, a ciência e a tecnologia são as personagens centrais de visitas e passeios, observações e caminhadas. O CV Verão, promovido pela Agência Nacional Ciência Viva, procurou sempre envolver os cientistas e as entidades que se dedicam à investigação e divulgação da ciência com o cidadão comum, particularmente neste caso o que se encontra de férias.

Parece paradoxal que, durante as férias se gaste tempo a aprender ou ver com outros olhos o mundo que nos rodeia, se façam visitas acompanhadas. Mas para além de enriquecedoras, na época chamada de tonta, esta foi e é uma ideia vencedora. Graças à visão de que proporcionar aos veraneantes formas de enriquecer a sua literacia científica e tecnológica, conhecer o património natural do seu país ou mesmo apenas olhar as estrelas, o Ciência Viva no Verão sempre foi considerado um ovo de Colombo da divulgação. Tal como outras simples ideias vencedoras, o CV Verão é reconhecido pela maioria e é dado como adquirido. Mas às vezes só valorizamos quando perdemos o que nos está próximo. Este ano, o CV Verão continua com a mesma filosofia dos anos anteriores apenas com uma diferença: é a Rede Nacional de Centros Ciência Viva a responsável pela coordenação deste programa.

Visita Ciência Viva no Verão

Visita Ciência Viva no Verão

Há momentos únicos nestes 18 anos de CV Verão, momentos que o quase meio milhão de participantes das 25 mil ações puderam vivenciar no passado. Eu não me posso esquecer de dois enquanto dinamizador de visitas às pegadas de dinossauro da Salema. O primeiro é a história do Vasco que queria ser paleontólogo, que me deixou a pensar que não devemos ser condescendentes com os mais pequenos, em especial quando estes estão decididos a seguir uma carreira científica, porque também esta é também uma das qualidades do CV Verão, promover a ciência enquanto carreira. A outra envolveu turistas alemães que me queriam obrigar a receber o dinheiro, porque achavam que este tipo de ações deveria ser paga. A verdade é que o CV Verão é um investimento mas é um investimento ganho pois dar a conhecer a ciência, a tecnologia e o património natural, é um investimento que nunca será um investimento perdido.

BANNER CIENCIA AO SULNo Algarve, os três centros Ciência Viva aqui existentes (Faro, Lagos e Tavira) organizaram 260 atividades gratuitas, dos “Astros e Sons Noturnos na Ria Formosa” onde se alia a observação dos astros com a audição da fauna da ria ou perceber o curso feito “Da Pedra calcária à cal das nossas casas”, uma descoberta da transformação do calcário em cal na Aldeia de Santa Rita ou mesmo uma visita guiada às pegadas de dinossauro da Praia Santa.

SAL GEMA (Large)Pelo país fora, são mais de 1100 atividades gratuitas onde a ciência e a tecnologia se cruzam com as tradições ou o património natural, da engenharia da visita à Ponte 25 de Abril ou à geologia das encostas do Douro.

Aproveite o Verão com Ciência no Ciência Viva no Verão em Rede 2015!

Inscrições e informações – Ciência Viva no Verão em Rede

(Artigo originalmente publicado no P3)

NEI 2012 | Centro Ciência Viva de Lagos

As actividades durante a semana da Noite Europeia dos Investigadores (NEI 2012) no Centro Ciência Viva de Lagos.

Workshop “A Ciência nos Media”

No próximo dia 26 de maio (sábado) o Centro Ciência Viva de Lagos organiza o Workshop “A Ciência nos Media”.

Este workshop, que compreende as componentes teórica e prática, será ministrado pelo Professor e jornalista António Granado.
Programa
Manhã
9h00-10h30
O que é o jornalismo de ciência?
O que o distingue de outras formas de jornalismo? As fontes dos jornalistas de ciência e os seus constrangimentos.
11h00-12h30
Jornalistas e cientistas, uma relação difícil. As diferenças entre ciência e jornalismo. Como encontrar notícias de ciência?
Tarde
14h00-16h30
Elaboração de uma notícia de ciência. Escolha, pesquisa de fontes, escrita e edição.
17h00-18h30
Correcção em conjunto de todas as notícias elaboradas.

 Público-alvo

jornalistas, comunicadores de Ciência, professores e estudantes.
Biografia formador
António Granado
Responsável da área multimédia da direcção de informação da RTP e professor auxiliar na Universidade Nova de Lisboa. É jornalista de Ciência há mais de 22 anos e escreve, desde 2001, o weblog Ponto Media, um espaço de reflexão sobre o jornalismo.
Inscrições e pagamentos
O custo do Workshop, com a carga horária de 7 horas, é de 20 euros, para inscrições até 20 de Maio e de 25 euros, para inscrições após 20 de Maio.
O pagamento da inscrição deverá ser feito por transferência bancária para o NIB 003503870003978793089 enviando, de seguida, os dados pessoais (nome, idade, mail e profissão) e o comprovativo da transferência bancária para o mail [email protected]
Inscrição inclui uma entrada familiar no CCVL e coffee-break.
Certificado
Será emitido um certificado de participação.
Contactos/Informações
Beatriz Tomás Oliveira
[email protected] | 282 770 002

Ciência Viva À Conversa

Neste primeiro podcast, o convidado foi Carlos Fiolhais que falou de Ciência e divulgação científica.

“Um programa de divulgação e promoção da Ciência e Tecnologia numa parceria entre os Centros Ciência Viva do Algarve e a Rádio Universitária do Algarve.

Conhece a atividade dos Centros Ciência Viva do Algarve, locais que fazem a ponte entre os cientistas e o grande público.

Todas as semanas falaremos com alguém que faz e promove investigação científica e tecnológica e também ficaremos a saber o que de novo há na investigação científica.

Quintas – 08:15, 12:15, 15:15

Autor: Luís Azevedo Rodrigues”

 

Dinossáurios: Novas Técnicas, Velhos Mitos

PALESTRA_LAGOS1 (Large) (2).jpg

Categorias

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM