Em 1798, conta-nos Sampson em sua History of Advertising, uma casa foi arrombada e roubada em Stanhope Street, Londres. Buscando reaver os itens surrupiados, o proprietário publicou o seguinte e singular anúncio numa edição do Daily Advertiser:

Mr. R—— de Stanhope Street apresenta seus mais respeitosos Cumprimentos aos Gentlemen que lhe deram a honra de comer um par de Galinhas assadas, tomar diversas canecas de cerveja e três garrafas de velho Madeira em sua casa, na noite de Segunda.
Em sua partida apressada, eles levaram a Caneca, que seria cordialmente bem-vinda; as colheres de sopa e algumas moedas que estavam numa velha bolsa de marroquim vermelho também fazem falta. Mas na dita bolsa também estavam diversos Papéis soltos, que consistiam em Memorandos privados, Receitas, etc., que não seriam de nenhum uso para tão gentis e amigáveis Visitantes, mas são importantes para ele. Assim, ele espera e confia que sejam tão polidos a ponto de aproveitar alguma oportunidade para retornar com eles.
Quanto ao velho Relógio da família, que estava numa gaveta, não se pede nos mesmos termos. Mas se for informado de como poderia reavê-lo com tantos Guinéus quanto pesa, ele seria um feliz Proprietário. W. R.

Diferente de outos anúncios da época, que não sabemos se tiveram resultado ou não, Sampson nos mostra o efeito deste. Poucas noites mais tarde, informa-nos o autor, um pacote apareceu com uma carta fechada nas vizinhanças de Mr. R. Dizia o bilhete:

Sir: Tu é bastante gentil. Não estando acostumado com o seu Madeira, ele nos subiu às cabeças. De outro modo, nunca teríamos levado seus papéis, que estão a caminho. A cerveja era boa demais. A caneca e as colheres nos deram uma sopa branca, no Duke’s Place, duas horas antes do amanhecer. A caixa do velho relógio de família foi, ao mesmo tempo, transformada num guisado enquanto os mecanismos, rebatizados, estão a caminho da Holanda. Se não tivessem sido transportados, tu os conseguiria de volta, por ser tão bom homem. Mas tu sabe, eles foram batizados e já não têm o nome de sua velha família. Assim sendo, sir, nada mais temos a dizer além de um muito obrigado a ti. Ficaremos felizem em te servir e te visitar, noite ou dia, como humildes servos ao seu dispor — Henry Sampson. A History of Advertising from the Earliest Times, Illlustrated by Anecdotes, Curious Specimens and Biographical Notes [Uma História dos Anúncios desde os Tempos mais Antigos, Ilustrada por Anedotas, Espécimes Curiosos e Notas Biográficas]. Londres: Chatto & Windus, 1874. pp. 235-6

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...